PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Evo Morales questiona arbitragem na Libertadores e se solidariza ao River

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, discursa após encerramento das eleições presidenciais no país - Alejandro Pagni/AFP
O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, discursa após encerramento das eleições presidenciais no país Imagem: Alejandro Pagni/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/01/2021 17h37

Por meio de seu perfil oficial nas redes sociais, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales comentou sobre a partida entre Palmeiras e River Plate pela semifinal da Libertadores da América. Em sua análise, ele questiona a arbitragem do jogo e prestou solidariedade ao time argentino, que terminou eliminado.

"Ontem curti uma bela partida de futebol sul-americano da Copa Libertadores da América, River Plate e Palmeiras. Será para melhor ou para pior que as partes tenham dois juízes? Na noite passada, o árbitro determinou um gol e uma penalidade anulados pelo VAR. Minha solidariedade com River", disse o ex-mandatário.

A atuação do VAR foi determinante para o resultado do jogo. Ao todo, duas penalidades e um gol foram anulados. Diante disso, o resultado de 2 a 0 para o River não foi o suficiente para reverter o placar do jogo de ida, em Buenos Aires, que terminou 3 a 0 para o Palmeiras.

Além disso, nesta terça-feira o nome de Evo também foi parar nos holofotes das mídias pelo fato de ter contraído a covid-19. Na noite de ontem foi divulgado um comunicado do gabinete dando detalhes sobre o estado de saúde de Morales.

"Ele está estável e recebendo atendimento médico", afirma o comunicado, sem detalhar os sintomas que ele apresenta.

Futebol