PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pape Bouba Diop, herói do Senegal na Copa de 2002, morre aos 42 anos

Pape Bouba Diop - Reprodução/Instagram
Pape Bouba Diop Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

29/11/2020 15h36

Pape Boupa Diop, jogador senegalense herói da vitória de sua equipe nacional contra a França na Copa de 2002, morreu aos 42 anos. A informação foi confirmada pela FIFA em nota publicada nas redes sociais.

"A FIFA se entristece com a morte da lenda do Senegal Papa Bouba Diop. Uma vez uma lenda da Copa do Mundo, sempre um herói da Copa do Mundo", diz a nota de pesar da entidade, publicada nas redes sociais.

Com passagens pelo Lens, da França, West Ham, Fulham, Portsmouth e Birmingham, da Inglaterra, o volante lutava com a Doença de Charcot, uma síndrome degenerativa nervosa.

O volante foi o responsável pelo gol da chocante vitória de Senegal sobre a França, então campeã do mundo, pelo grupo A na Copa do Japão e da Coreia do Sul, em 31 de maio de 2002. Foi o primeiro jogo de ambas as equipes naquela Copa.

A equipe europeia vivia a fase mais vitoriosa da história, embalada pelo título da Copa de 1998, da Euro de 2000 e da Copa das Confederações de 2001.

O Senegal caiu, na competição, apenas nas quartas de final, para a Turquia, pelo placar de 1 a 0 na prorrogação.

Futebol