PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio retoma "linha de produção" em posição que já rendeu R$ 227 milhões

Ferreirinha retomou posto na linha de produção de atacantes de lado do Grêmio - Gabriel Machado/AGIF
Ferreirinha retomou posto na linha de produção de atacantes de lado do Grêmio Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

26/10/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Grêmio se consolidou nos últimos anos como um "produtor de jogadores". A linha de atletas formados no clube e vendidos posteriormente já rendeu aproximadamente R$ 227 milhões só com atacantes de lado de campo. Agora, após um momento turbulento, a sequência foi retomada de olho em ganho técnico e financeiro.

Ainda que o clube tenha formado e vendido Arthur e Walace no meio-campo e tenha Matheus Henrique consolidado como alternativa de mercado, os lados do ataque parecem o posto que melhor explica a evolução gremista na formação e venda. Os moldes de negócios semelhantes encheram os cofres azuis e pode aumentar a cota em breve.

Com Pedro Rocha, que despontou em 2016 na conquista da Copa do Brasil, 12 milhões de euros (R$ 80 milhões na cotação atual) entraram na venda ao Spartak Moscou, da Rússia. O sucessor foi Everton Cebolinha, negociado ao Benfica por 22 milhões de euros (R$ 147 milhões na cotação atual) neste ano. Um total de R$ 227 milhões com atacantes de lado.

A linha de produção já tem um candidato a pleno. Pepê, de 23 anos, titular do time e autor de dez gols na temporada, está na mira de clubes da Inglaterra, Itália e Portugal. E a sequência viria com Ferreira.

O autor do gol da vitória sobre o Athletico Paranaense, porém, por pouco não saiu do clube. No início deste ano, entrou em litígio com Grêmio por conta da renovação de contrato. Esteve afastado de fevereiro a setembro, quando as partes entraram em acordo e prorrogaram o vínculo do atleta de 22 anos.

Retomada linha de produção gremista, a meta de Renato Gaúcho é dar condições para ele jogar e posteriormente ter caminho semelhante aos antecessores.

"Estamos lapidando o Ferreira. Ele tem nos ajudado e entrado nos jogos. Está crescendo, veio da base. E o mais importante é a confiança que tenho nos jogadores", disse Portaluppi.

Até agora foram 13 jogos, com três gols em 2020. Ferreira pode atuar tanto na esquerda quanto na direita e concorre com Pepê e Alisson por posto entre os titulares.

Enquanto isso, nos gabinetes o clube se vê contemplado pela possibilidade de negociar Pepê e ainda ter reposição imediata com a mesma perspectiva.

"Todo mundo está recebendo oportunidades. Quem não começa, entra. O mais importante é que no momento que eu confio em todos, coloco para jogar. De cara, ou no decorrer do jogo", salientou Renato.

Na quinta-feira o Grêmio irá encarar o Juventude em jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Grêmio