PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Rádio: Três jogadores do Barça contrariam elenco e aceitam reduzir salário

Frenkie De Jong é um dos jogadores que aceita redução de salário, segundo Rádio Catalunya - Waleed Ali/Reuters
Frenkie De Jong é um dos jogadores que aceita redução de salário, segundo Rádio Catalunya Imagem: Waleed Ali/Reuters

Do UOL, em São Paulo

18/10/2020 11h01

Classificação e Jogos

O goleiro Ter Stegen, o meio-campista De Jong e o zagueiro Clément Lenglet contrariaram os companheiros de Barcelona e não assinaram um documentário elaborado por representantes do elenco para se opor à redução de 30% de salários pretendida pelo clube. A informação é da Rádio Catalunya.

De acordo com a rádio, os três jogadores apoiam o clube na decisão de reduzir os salários do elenco como medida para compensar a perda de receita em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Ao longo da semana, outra rádio, a RAC 1, noticiou que jogadores e funcionários do Barça enviariam um burofax (serviço de documentos urgentes oficiais na Espanha) para dizer que não aceitam a proposta.

O Barcelona negocia desde o início deste mês a redução de salários de jogadores e funcionários e trabalha com o dia 22 de outubro como limite para chegar a um acordo. O clube quer evitar uma decisão unilateral que estenda a disputa para a Justiça.

O Barcelona registrou um prejuízo de 97 milhões de euros (cerca de R$ 641 milhões) em seu relatório financeiro anual, divulgado na última semana.

As contas do Barça mostram uma queda de 14% na receita em relação ao ano anterior e a duplicação de sua dívida líquida para 488 milhões de euros.

A queda se deve principalmente à proibição de venda de ingressos por causa da pandemia do novo coronavírus e a diminuição da receita em merchandising e visitas a estádios e museus.

O clube decretou um corte temporário de 70% nos salários no final de março no auge da pandemia, que durou o período do estado de alarme nacional da Espanha, encerrado em junho.

*Com informações da agência Reuters.

Barcelona