PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Cereto: 'Só um milagre dá jeito no Corinthians com um bando de meia-boca'

Carlos Cereto, comentarista do Grupo Globo - Reprodução/SporTV
Carlos Cereto, comentarista do Grupo Globo Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/09/2020 14h17

Classificação e Jogos

Para o comentarista Carlos Cereto, do Grupo Globo, o Corinthians é um time cheio de jogadores 'meia-boca' e apenas um milagre poderia fazer a equipe voltar a atuar bem.

"Só um milagre dá jeito no Corinthians. Pode acender vela para tudo quanto é santo. Para dar jeito no time do Corinthians com um bando de jogador meia-boca, só um milagre. A gente supervaloriza o elenco", disse o comentarista em participação no Seleção SporTV, hoje.

Cereto listou quatro jogadores que se encaixam em sua descrição de 'meia-boca' e afirmou que o grande problema é que o elenco do clube alvinegro está cheio de jogadores parecidos, que são escalados em vários momentos.

"Danilo Avelar, Gabriel, Mateus Vital, Everaldo? Está cheio de meia-bocas. O problema de ter meia-boca no time é que tem que escalar eles uma hora ou outra. Todo time tem poucos craques, mas ter muito meia-boca deixa mais difícil", complementou.

Na sequência, Muricy Ramalho, também presente na atração, tentou amenizar as palavras de Carlos Cereto. O ex-treinador disse torcer pela melhora do Corinthians e afirmou que 'meia-boca' é um termo chato.

"O Corinthians tem problemas sérios. Ali dentro, tem que estar bem fisicamente para desenvolver. A gente torce para esses times como o Corinthians. Não falo que é 'meia-boca' porque é chato. Falta jogadores diferenciados no elenco"

Com onze jogos no Campeonato Brasileiro, o Corinthians é o 15º colocado, com doze pontos, apenas um a mais que o Red Bull Bragantino, primeiro time na zona de rebaixamento.

A equipe alvinegra volta a campo hoje, na Neo Química Arena, onde recebe o Atlético-GO, às 21h30.

UOL Esporte vê TV