PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

SPFC x River Plate: onde assistir, escalações, o que esperar do jogo

Fernando Diniz, técnico do São Paulo - Bruno Ulivieri/AGIF
Fernando Diniz, técnico do São Paulo Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

17/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

São Paulo e River Plate se enfrentam nesta quinta-feira (17), às 19h (Horário de Brasília), no Morumbi, pela terceira rodada da Copa Libertadores.

Seis meses longe dos campos

O River Plate disputa a sua primeira partida oficial depois da paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus, em março. O último duelo da equipe na competição foi em 11 de março, na goleada por 8 a 0 sobre o Binacional.

Onde assistir

A partida tem transmissão do FOX Sports para todo o Brasil (disponível pelo UOL Esporte Clube). O Placar UOL vai acompanhar o duelo em tempo real.

Prováveis escalações

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Diego Costa, Léo Pelé e Reinaldo; Tchê Tchê, Hernanes, Gabriel Sara, Igor Gomes; Pablo e Vítor Bueno. Técnico: Fernando Diniz.

RIVER PLATE: Armani; Montiel, Lucas Martínez, Pinola e Angileri; Enzo Pérez, Julián Alvarez, Ignacio Fernandez e De la Cruz; Matías Suárez e Borré. Técnico: Marcelo Gallardo .

Desfalques

O São Paulo não poderá contar com Luciano, que cumpre suspensão por ter sido suspenso quando defendia o Grêmio. Daniel Alves, Liziero, Walce e Joao Rojas estão em recuperação de cirurgia e foram vetados pelo departamento médico. O River Plate não conta com Lucas Pratto, que está lesionado, e com o lateral esquerdo Milton Casco, que testou positivo para a Covid-19.

Arbitragem

Árbitro: Esteban Ostojich (Uruguai)
Assistentes: Richard Trinidad e Nicolás Taran (ambos do Uruguai)

Estratégias dos técnicos

Fernando Diniz deve apostar mais uma vez no toque de bola. A equipe deve sair com a redonda no pé desde o seu campo de defesa. Sem o lesionado Daniel Alves, Hernanes e Igor Gomes podem ditar o ritmo. Já no ataque, Pablo, que se recuperou de lesão na costela, deve ser a referência.

Marcelo Gallardo não teve muito tempo para trabalhar o time, após a pausa por causa da pandemia do novo coronavírus. A esperança é a qualidade técnica de Ignacio Fernandez no meio de campo e o entrosamento da equipe, que conhece muito bem a filosofia do treinador.

São Paulo