PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Presidente do Fortaleza: 'Falam do Ceni como se não estivesse empregado'

Marcelo Paz, presidente do Fortaleza - Reprodução/Twitter
Marcelo Paz, presidente do Fortaleza Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/09/2020 15h45

Classificação e Jogos

Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, reclamou das especulações envolvendo uma possível ida de Rogério Ceni, técnico do time, ao Corinthians. O mandatário do clube cearense afirmou que, em alguns momentos, tem a impressão de que o treinador é tratado como se estivesse livre no mercado.

"Fico feliz e envaidecido quando o nome de algum profissional do Fortaleza é citado para trabalhar em um grande clube, mas também tenho um sentimento de que, em alguns momentos, o clube é esquecido. Se fala do Rogério Ceni como se ele estivesse disponível no mercado, como se ele não estivesse empregado aqui há três anos. Ele vai fazer mil dias de trabalho aqui no Fortaleza e, de repente, o nome dele é ventilado no Corinthians como se não tivesse vínculo algum", disse o dirigente em entrevista ao Seleção SporTV, hoje.

O mandatário do Fortaleza revelou, ainda, que Rogério Ceni já foi procurado algumas vezes desde que retornou ao clube após breve passagem pelo Cruzeiro. Marcelo Paz, no entanto, omitiu quais times teriam procurado o treinador, com exceção do Atlético-MG, cujo presidente foi elogiado por sua postura ao fazer uma consulta pelo técnico.

"Desde que ele voltou do Cruzeiro, já houve ofertas pelo Rogério Ceni. Foram conversas diretamente com ele. Acho que quando o profissional está empregado, o outro clube deve procurar o empregador, nem que seja para avisar que está em contato com o funcionário. Um exemplo positivo foi o Atlético-MG. O presidente me falou ao final do Brasileiro que ele tinha interesse em procurar o Rogério. Achei ético da parte dele", contou.

UOL Esporte vê TV