PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Votação das diretas e da reforma do estatuto no Vasco será online

Sócios do Vasco da Gama votarão de maneira online pela primeira vez na história - Paulo Fernandes / Flickr do Vasco
Sócios do Vasco da Gama votarão de maneira online pela primeira vez na história Imagem: Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/08/2020 18h36

O Vasco está prestes a ter um capítulo histórico em sua política. A Assembleia Geral Extraordinária - que votará as eleições diretas e a reforma do estatuto - foi convocada para o próximo dia 25 e acontecerá de maneira online pela primeira vez.

Uma empresa foi contratada para que os mais de oito mil sócios possam votar de maneira remota, algo que permitirá que muitos associados de fora do Rio de Janeiro exerçam seu direito sem se deslocar de seus estados.

A escolha pelo pleito virtual aconteceu muito em função da pandemia do coronavírus e as recomendações dos órgãos de saúde para se evitar aglomerações. A opção também foi uma saída a quem internamente era contra a realização da votação de maneira presencial, caso do presidente do Conselho de Beneméritos, Silvio Godói.

Por outro lado, grupos políticos mais radicais de oposição comemoraram bastante a convocação em suas redes sociais.

As propostas das eleições diretas e da reforma do estatuto serão votadas separadamente. O primeiro tema é quase uma unanimidade para ser aprovado entre os sócios. Já o segundo divide opiniões.

Vale lembrar que o presidente da Assembleia Geral, Faues Cherene Jassus, o Mussa, ainda aguarda a lista total atualizada do presidente do clube, Alexandre Campello, para divulgar quem está apto a voto. É possível até que este número passe dos nove mil.

Vasco