PUBLICIDADE
Topo

Comentaristas do UOL criticam Marinho e divergem sobre amarelo a Fagner

Do UOL, em São Paulo

31/07/2020 11h02

Classificação e Jogos

Lances disciplinares marcaram o segundo dia das quartas de final do Campeonato Paulista. No Morumbi, a vitória por 2 a 0 do Corinthians sobre o Red Bull Bragantino foi recheada por comentários sobre a entrada dura de Fagner em Morato. Já na Vila Belmiro, onde a Ponte Preta superou o Santos por 3 a 1, a expulsão de Marinho gerou críticas de comentaristas na live pós-rodada do UOL Esporte.

"O Santos vai sofrer com esse goleiro [Vladimir] e com um dos destaques sendo um alucinado como o Marinho. O que o Marinho fez ontem é uma brincadeira, ele praticamente entregou a classificação do Santos por uma expulsão absolutamente irresponsável", disse Renato Maurício Prado, colunista do UOL.

Renato Maurício Prado participou da transmissão ao lado dos também colunistas Ricardo Perrone e Danilo Lavieri. A moderação foi do editor Vinícius Mesquita e a íntegra do bate-papo está disponível.

Marinho - Ivan Storti/Santos FC - Ivan Storti/Santos FC
Marinho fez gol e levou dois cartões amarelos em menos de um tempo na eliminação do Santos
Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Foi a quarta expulsão seguida de um jogador do Santos no Estadual. Marinho, que tinha feito o gol que dava vantagem por 1 a 0 e levado cartão amarelo por uma falta no meio-campo, deixou o braço no rosto de um adversário já quase nos acréscimos. Com um a menos, o Santos levou a virada. "O Marinho hoje não foi falta de ritmo, ele largou o braço no adversário e já tinha amarelo. Ele estava pedindo muito para ser expulso. Isso ultrapassa o absurdo. Por mais que a gente possa falar que o Jesualdo errou, demorou a trocar, arbitragem errou, mas não tem como tirar a culpa principal do Marinho, sentenciou o colunista do UOL Danilo Lavieri.

Já Fagner não foi expulso. O lateral-direito do Corinthians se envolveu num lance polêmico aos 40 minutos do primeiro tempo. Ele colocou o pé por cima da bola, mas o pé foi no meio das pernas de Morato. Reservas e comissão técnica do Red Bull Bragantino se revoltaram, mas a arbitragem aplicou somente cartão amarelo. O lance gerou divergência entre os comentaristas do UOL.

"Ele tentou dar um rolinho nas partes íntimas do adversário. Tem dois jogadores que já deveriam entrar em campo com cartão amarelo, Fagner e Felipe Melo. São dois carniceiros, entram para quebrar. Acho que ele foi extremamente malicioso. O rival por pouco não foi castrado em campo. Para mim era vermelho direto. Futebol brasileiro precisava coibir de uma maneira muito mais drástica determinados tipos de entrada, que quase aleijam companheiro de profissão", relatou RMP.

Perrone, colunista do UOL, foi na mesma linha: "Fagner jogou bem, mas aquela coisa: a qualquer momento pode ser expulso. Ou pior que isso: pode machucar alguém feio."

Já Danilo Lavieri discorda da necessidade de expulsão no lance de ontem: "Esse lance especificamente um amarelo caiu bem, ele foi imprudente. A imagem foi um pouco mais feia que a realidade. Tem gente que defende a tese de que ele estava tentando dar um rolinho, mas não acho, porque ele levanta muito mais a sola do que precisava. Ele tem um longo histórico. É um excelente lateral para mim, mas me surpreende a quantidade de vezes em que ele perde a cabeça do nada. Tem vários lances que você pensa: 'como ele acha que isso é normal no futebol?'. Normalmente o Fagner é marcado por divididas que não são um pouco ríspidas, são muito a mais."

Futebol