PUBLICIDADE
Topo

Autuori revela positivo de Luis Henrique e comenta situação de Cortez

Paulo Autuori, técnico do Botafogo - Vítor Silva/Botafogo
Paulo Autuori, técnico do Botafogo Imagem: Vítor Silva/Botafogo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

25/07/2020 15h30

Na chegada ao Estádio Nilton Santos para o amistoso com o Fluminense, que será realizado na tarde de hoje (25), Paulo Autuori, técnico do Botafogo, revelou que o atacante Luis Henrique não estará no duelo por ter testado positivamente para Covid-19. O treinador também comentou a situação do meia Gabriel Cortez, que deve ter o contrato rescindido pelo Alvinegro, e ressaltou que o jogador não fazia mais parte dos planos desde a última terça-feira.

De acordo com o comandante do time do Glorioso, Luis Henrique já está cumprindo com todas medidas necessárias de isolamento social.

"Com o compromisso que temos com a transparência, eu como responsável, tenho de me pronunciar sobre duas situações. O nosso atleta Luis Henrique testou positivo. E o fato de ter testado positivo nos leva a pensar o quão coerente nós, do Botafogo, estamos sendo. Quando se tomou a decisão de respeitar as autoridades, por decisão nossa como cidadão e instituição, em um momento difícil não querer assumir riscos... Fico feliz que o Botafogo, mesmo em um jogo amistoso, está cumprindo rigorosamente aquilo que as autoridades ligadas ao desporto pedem. Ao testar ontem, fizemos [testes] de todos, uma situação foi Luis Henrique, que acusou positivo. Fico feliz de poder ser transparente com a anuência do jogador e médicos. Não temos o porquê esconder nada. Temos de evitar qualquer tipo de especulação. O que aconteceu foi isso. Então, ele não vai participar do amistoso e vai ficar isolado. Fico feliz em poder ver que o Botafogo está sendo coerente, e acima de tudo, responsável", disse, à Botafogo TV.

Autuori falou também sobre a situação envolvendo o meia Gabriel Cortez. A cúpula alvinegra estuda rescindir o contrato com o jogador depois de ele se envolver em uma polêmica em uma transmissão ao vivo em rede social. De acordo com o treinador, o meia não fazia mais parte dos planos desde a última terça-feira e foi avisado em uma reunião.

Na manhã de hoje, o jogador equatoriano foi alvo de críticas de torcedores. Segundo relatos, durante esta madrugada, em uma conversa virtual com o também meia equatoriano Andy Burbano, que atua pelo Delfín (EQU), Cortez teria aparecido ingerindo bebida alcoólica e feito elogios ao rival Flamengo.

"Outra situação é do Gabriel Cortez, que saiu nas redes sociais uma live dele sem propósito. Quero deixar bem claro que é uma atitude de responsabilidade minha e quando a atitude é minha, assumo interna e publicamente. Eu o chamei na terça-feira e informei que não estaria mais dentro dos planos. Então, não poderia dar a oportunidade que ele necessita e poderia procurar outro lugar para jogar. Fui claro com ele quanto ao motivo. Desde terça, não faz parte dos planos e, na quinta, como faço sempre, comuniquei ao grupo. Feito isso, respeito as três coisas que sempre falo: pessoa, quem e local. Falei com o jogador no momento certo e no local certo, que é o nosso ambiente. Feito isso, venho a público explicar".

Cortez, que tem 24 anos, é ligado ao Guayaquil City, do Equador, e tem vínculo de empréstimo com o Glorioso até o fim desta temporada. À época da negociação, ficou firmado que Botafogo teria a opção de compra dos direitos, ao fim deste período, por um milhão de dólares (cerca de R$ 5,2 milhões na cotação atual).

Botafogo