PUBLICIDADE
Topo

Rivaldo critica Barcelona e tratamento dado a Griezmann: 'Algo não vai bem'

O ex-jogador Rivaldo criticou o Barcelona e o tratamento do clube com Griezmann - Reprodução/Instagram
O ex-jogador Rivaldo criticou o Barcelona e o tratamento do clube com Griezmann Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em Porto Alegre

02/07/2020 09h06

Classificação e Jogos

Rivaldo não está nada feliz com a situação do Barcelona. Ex-meia da seleção brasileira e do clube, ele criticou as atuações recentes e o tratamento dado a Griezmann.

"Está claro que isso demonstra que algo não vai bem no time. Não escalar Griezmann em um jogo tão importante significa que você acredita que ele não está em seu melhor momento e que foi uma contratação equivocada", disse o pentacampeão ao site Betfair.

Griezmann foi assunto após o empate em 2 a 2 entre Barcelona e Atletico de Madri, na terça-feira. O francês começou a partida na reserva, aqueceu durante 35 minutos e foi chamado para entrar no time apenas nos acréscimos. Ficou quatro minutos em campo.

"Não consigo entender como um campeão do mundo com a França, estrela do Atletico de Madri por muitos anos e uma contratação milionária do Barcelona acabe jogando tão poucos minutos em uma partida tão importante", acrescentou.

Na opinião de Rivaldo, os jogos com portões fechados estão sendo usados como desculpa para o rendimento fraco do Barça.

"Alguns acreditam que o Atletico jogou bem porque não tinha torcida, pois não precisou enfrentar o ambiente hostil do Camp Nou. Mas eu acredito que isso não é desculpa para o Barcelona fazer jogos tão decepcionantes depois do regresso das competições", opinou.

O técnico Quique Setién está ameaçado no cargo. Com a possibilidade de ver o Real Madrid abrir distância na liderança do Espanhol, o comandante foi alvo até de brincadeira de um site de procura por empregos.

"O time tem muita posse, mas não serve para nada. Só avança e é previsível. Não se arrisca o suficiente. Fica tocando a bola por todo o campo e está deixando o título escapar", finalizou o brasileiro.

Barcelona