PUBLICIDADE
Topo

CAMPEONATOS

La Liga


Messi chega ao gol 700, mas Barcelona fica apenas no empate com o Atlético

São 630 gols pelo Barcelona e 70 pela Argentina, segundo contas divulgadas pelo clube - David Ramos/Getty Images
São 630 gols pelo Barcelona e 70 pela Argentina, segundo contas divulgadas pelo clube Imagem: David Ramos/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 18h18Atualizada em 30/06/2020 21h44

Classificação e Jogos

Lionel Messi foi o único do Barcelona com motivos para comemorar hoje. Jogando no Camp Nou pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol 2019/2020, o time catalão ficou no 2 a 2 com o Atlético de Madri, em partida que registrou o 700º gol do camisa 10 - um gol de cavadinha, com categoria, numa cobrança de pênalti.

Com o resultado, o Barça permaneceu na vice-liderança do Espanhol, com 70 pontos em 33 partidas — o Real Madrid, líder, tem 71 pontos em 32 jogos. Com 59 pontos, o Atlético é o terceiro colocado.

Na carreira, Messi tem 630 gols pelo Barcelona e 70 gols pela seleção da Argentina. O astro havia passado em branco nos últimos três jogos, contra Sevilla, Athletic Bilbao e Celta de Vigo. Hoje, porém, não desperdiçou a chance que teve em um pênalti no segundo tempo, quando o placar indicava 1 a 1.

No entanto, o time catalão repetiu o que havia acontecido no 2 a 2 diante do Celta: esteve duas vezes à frente do placar, e cedeu a igualdade em ambas. Do lado do Atlético, Saúl Ñíguez foi o destaque, marcando duas vezes de pênalti.

O Barça conseguiu fazer 1 a 0 já aos 11 minutos do primeiro tempo, em escanteio batido por Messi pela direita. Na pequena área, Diego Costa tentou cortar, mas desviou contra as próprias redes e fez contra.

Mas o Atlético reagiu rápido. Aos 15, Yannick Carrasco invadiu a área pela esquerda e tentou o corte, mas foi derrubado por Arturo Vidal. Diego Costa bateu, e Marc-Andre Ter Stegen defendeu.

Só que a arbitragem viu um adiantamento do goleiro do Barça e mandou voltar o lance. Na nova cobrança, aos 18, Saúl Níguez não vacilou e empatou o jogo.

O Barça quase chegou ao 2 a 1 pouco antes do intervalo, aos 41 minutos. Messi cobrou falta da intermediária e a bola desviou em Saúl, mas o goleiro Jan Oblak acertou o posicionamento e conseguiu desviar para o escanteio.

No segundo tempo, porém, a chance finalmente veio. Aos 2 minutos, Nelson Semedo foi derrubado na área pelo zagueiro Felipe, ex-Corinthians. Na cobrança, Messi bateu de cavadinha e fez 2 a 1 para o Barça, chegando a 700 gols na carreira.

Entretanto, de novo, a festa catalã durou pouco. Com 16 minutos, Yannick Carrasco caiu na área pedindo um toque de Nelson Semedo. A arbitragem marcou pênalti, que Saúl bateu de novo e mandou no canto - o goleiro Ter Stegen chegou a tocar na bola, mas não evitou o 2 a 2.

Os dois times só voltam a entrar em campo pelo Campeonato Espanhol no final da semana. Na sexta-feira, o Atlético recebe o Mallorca; dois dias depois, o Barça visita o Villarreal.

La Liga