PUBLICIDADE
Topo

Ataque do Palmeiras de Luxa supera Felipão e Roger Machado após 12 jogos

Luxemburgo orienta Dudu durante duelo Tigre x Palmeiras, pela Libertadores, no começo de março - Juan Mabromata/AFP
Luxemburgo orienta Dudu durante duelo Tigre x Palmeiras, pela Libertadores, no começo de março Imagem: Juan Mabromata/AFP

Do UOL, em São Paulo

17/06/2020 04h00

O Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo é mais efetivo em relação aos times de Luiz Felipe Scolari e Roger Machado, que iniciaram as temporadas 2018 e 2019, respectivamente, no clube alviverde.

Até a paralisação das competições devido à pandemia do novo coronavírus, o Palmeiras de Luxa tinha marcado 20 gols nos 12 primeiros jogos da temporada. Com Felipão, a equipe alviverde foi às redes 16 vezes no mesmo número de jogos do começo do ano passado.

O Palmeiras de Roger Machado, por sua vez, conseguiu balançar as redes 19 vezes em 12 duelos disputados nos primeiros meses de 2018. Nas três ocasiões, o time alviverde disputou partidas do Campeonato Paulista e da Libertadores.

O aproveitamento registrado pelo Palmeiras 2020 é igual ao do time de Felipão: 69%, com sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, para o Red Bull Bragantino, na quarta rodada do Estadual. O time de Roger somou oito triunfos, com dois empates e duas derrotas. O aproveitamento atingiu 72%.

Em 2018, o Palmeiras conquistou o Campeonato Brasileiro, já com Felipão, que assumiu o comando do time em julho daquele ano, após demissão de Roger. No ano passado, o time não levantou taças.

Em setembro, Felipão foi demitido para dar lugar a Mano Menezes, que também deixou o cargo antes do fim do Brasileirão. Para o seu lugar, a diretoria alviverde apostou em Luxemburgo.

O treinador voltou ao Palmeiras depois de quase 11 anos, para uma quarta passagem. Na segunda, em 1996, o time alviverde conquistou o Paulistão depois de marcar mais de 100 gols no campeonato, na melhor campanha de uma equipe na era do profissionalismo.

Palmeiras