PUBLICIDADE
Topo

Marcos Felipe sai da "sombra" e vira ameaça para Muriel no Fluminense

Goleiro Marcos Felipe, de 23 anos, se tornou uma ameaça para o titular Muriel no Fluminense - 	Mailson Santana/Fluminense FC
Goleiro Marcos Felipe, de 23 anos, se tornou uma ameaça para o titular Muriel no Fluminense Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/04/2020 04h00

Revelado na "fábrica de Xerém" e com passagens por seleções brasileiras de base. Mesmo com boas credenciais, Marcos Felipe passou boa parte de sua carreira no profissional do Fluminense como terceira opção. Porém, quando foi acionado, não decepcionou e agora já se torna uma ameaça para o titular Muriel, que viveu períodos de instabilidade antes da paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus.

Considerando a partir do Campeonato Brasileiro do ano passado, quando Marcos Felipe virou titular depois que Muriel fraturou a mão esquerda, sua média de gols sofridos é bem menor que a de seu companheiro de profissão, com apenas 0,3 contra 1 do experiente arqueiro.

O goleiro de 23 anos tem contrato com o Fluminense até dezembro de 2022 e em 2015 chegou a ser emprestado para o Macaé (RJ) para a disputa do Campeonato Carioca.

Antes de se tornar a primeira opção no banco de reservas, Marcos Felipe foi preterido pelos arqueiros Agenor e Rodolfo, que nunca caíram nas graças da torcida. O primeiro teve problemas com a balança, e o segundo foi pego no doping.

Virou sócio-torcedor do Flu

Uma atitude fora de campo que fez Marcos Felipe ganhar prestígio dos tricolores foi o fato dele ter virado sócio-torcedor do clube no fim do ano passado e ainda ter associado também sua esposa e as duas filhas.

O ato não é muito comum entre jogadores de futebol.

Fluminense