PUBLICIDADE
Topo

Covid-19: R. Simões celebra fim do isolamento: 'O vírus não me pega mais'

Renê Simões orienta o time do Botafogo durante o clássico com o Fluminense, que valeu vaga na final do Carioca - Vitor Silva/SSPress
Renê Simões orienta o time do Botafogo durante o clássico com o Fluminense, que valeu vaga na final do Carioca Imagem: Vitor Silva/SSPress

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/03/2020 21h00

Três dias após testar positivo para a Covid-19, René Simões participou - remotamente - da edição de hoje (30) do Expediente Futebol, do Fox Sports. O comentarista celebrou o fim da de seu isolamento e afirmou estar imune à doença.

"No dia 16 de março, senti muita dor de cabeça, dores no corpo e minha garganta fechou. Fui ao hospital e o médico fez um teste do Coronavírus e me disse que eu receberia o resultado dali a três ou quatro dias. Fui para casa e decidi entrar em isolamento total: entrei no meu quarto, fechei a porta, avisei minha esposa e minha filha para não entrarem no quarto por 14 dias. Isso sem saber se estava ou não com o Coronavírus. [...] No 11º dia, quando recebi a notícia de que o teste deu positivo, eu fiquei até contente. Acredito que já criei os anticorpos e, agora, com 14 dias cumpridos já pude sair do meu 'cativeiro' e estou imune. Esse vírus não me pega mais. É óbvio que eu tenho que tomar todos os cuidados para não pegar esse vírus de alguém e passar. Mas não eu pego mais, estou imune"

Como o 'auto-isolamento' de René Simões se iniciou no dia 16 de março, o fim do confinamento foi hoje, como ele havia informado em uma publicação no Instagram quando comunicou que havia testado positivo para o Coronavírus.

"Só sairei no dia 30 do isolamento. Somente no primeiro dia tive algum sintoma e depois fiz tudo normalmente. Pensando em como daria a notícia, resolvi pegar a minha amada bola de futebol e fazer a comunicação juntos. Agradecendo a Deus por mais essa vitória. Fiquem bem e os em risco devem ser precavidos", escreveu em sua rede social.

UOL Esporte vê TV