PUBLICIDADE
Topo

Juventus

Covid-19: Juventus chega a acordo para reduzir salários e poupará R$ 510 mi

Acordo reduz pagamentos nos meses de março, abril, maio e junho - Reprodução/Instagram/juventus
Acordo reduz pagamentos nos meses de março, abril, maio e junho Imagem: Reprodução/Instagram/juventus

Do UOL, em São Paulo

28/03/2020 17h03

A Juventus anunciou hoje que chegou a um acordo, em meio à pandemia do novo coronavírus, para reduzir os salários de jogadores e comissão técnica do time principal até o final da temporada 2019/2020.

De acordo com comunicado divulgado pelo clube, os profissionais terão seus vencimentos referentes a março, abril, maio e junho reduzidos. Acordos individuais ainda serão realizados nas próximas semanas, conforme legislação local.

Nos cálculos da Juventus, a redução de salários no período propiciará aos cofres do clube uma economia de 90 milhões de euros (mais de R$ 510 milhões).

Os jogos do Campeonato Italiano estão paralisados desde o começo de março, sem previsão de retomada. No entanto, a Juventus assegura que, "assim que as competições esportivas da temporada atual forem retomadas", negociará quaisquer acréscimos aos pagamentos.

Por fim, a Juventus agredeceu a jogadores e ao técnico Maurizio Sarri "pelo senso de responsabilidade demonstrado em uma situação difícil para todos".

Juventus