PUBLICIDADE
Topo

Presidente do Atlético-MG desabafa sobre pausa: "Clubes terão dificuldades"

Sérgio Sette Câmara faz análise sobre a situação financeira dos clubes brasileiros após paralisação do calendário - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Sérgio Sette Câmara faz análise sobre a situação financeira dos clubes brasileiros após paralisação do calendário Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

23/03/2020 16h58

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, prevê dificuldades no orçamento em 2020 devido à pausa do calendário futebolístico por causa da pandemia de coronavírus.

O mandatário faz uma comparação com empresários do ramo alimentício e espera dificuldades para manter as contas em dia.

"Vamos ter que criar algumas situações de parcelamento. Todo mundo vai ter. A pessoa que trabalha como garçom em um restaurante que fechou. O dono do restaurante não tem receita para pagar o salário dele e ele tem contas para pagar. Todo mundo vai passar por isso, por mais simples que seja. Todo mundo vai ter que sentar, bater cabeça. Precisamos ver o que fazer", disse durante vídeo ao vivo transmitido pelo próprio clube.

"Vamos sentir o restante do ano sem grandes atropelos. Todo mundo vai procurar encontrar uma forma de fazer a sua parte. Muito clube vai passar por grandes apertos. O futuro pertence a Deus. Não tem como a gente prever e saber quando vai normalizar o regresso de recursos", acrescentou.

Atlético-MG