PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


Cafu vê chance de Brasil repetir Itália com pandemia: 'É preocupante'

Cafu, durante entrevista no prêmio Laureus - Ian Gavan/Getty Images for Laureus
Cafu, durante entrevista no prêmio Laureus Imagem: Ian Gavan/Getty Images for Laureus

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/03/2020 19h33

Com passagens de sucesso pelo futebol italiano, Cafu acredita que o Brasil pode sofrer como o país europeu por conta do coronavírus. O ex- jogador ainda disse que a Itália subestimou os efeitos da pandemia e que vê alguns brasileiros fazendo o mesmo.

"Irresponsabilidade de quem está saindo na rua e não acredita no que está acontecendo. Eu acompanho o que está acontecendo na Itália. E já são vários dias seguidos com mais de 600 mortes. Isso porque eles não acreditaram no vírus. A epidemia já era de nosso conhecimento, antes de virar uma pandemia. Então, acho que os brasileiros poderiam ter parado antes. Eu vejo muita gente na rua. Eu vejo muitos idosos na rua. Eles têm que tomar muito mais cuidado. É preocupante. O povo tem que colocar a mão na consciência. Estão preparando hospitais de campanha nas grandes cidades. É óbvio que algo muito grande - e ruim - vai acontecer. Se não tomarmos cuidado, vamos viver o que a Itália está vivendo hoje, infelizmente", declarou em entrevista ao Expediente Futebol, do Fox Sports, hoje (23)

Cafu também falou sobre as adaptações que o futebol brasileiro passará devido à paralisação dos campeonatos. Na opinião do ex-jogador, é hora de pensar em uma reorganização do calendário.

"O mundo está parado. Não só o futebol brasileiro. Nós temos que começar a pensar o que vamos fazer com os clubes, uma maneira de ajudá-los, de ajudar os atletas. Vamos ter que reorganizar todo o calendário - para isso tem que sentar os especialistas, os presidentes dos clubes e estudarem. Não importa a classificação dos times antes da paralisação. O importante é o que vamos fazer depois. Os dirigentes têm que entrar em um acordo para ver como isso será feito", completou.

UOL Esporte vê TV