PUBLICIDADE
Topo

Estafe de Róger Guedes trata Atlético-MG com exclusividade em caso de volta

Róger Guedes atuou pelo Atlético-MG antes de se transferir para a China - Bruno Cantini / Atlético-MG
Róger Guedes atuou pelo Atlético-MG antes de se transferir para a China Imagem: Bruno Cantini / Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

20/03/2020 04h00

Resumo da notícia

  • A situação envolvendo o futuro de Róger Guedes segue indefinida. Alexandre Mattos, diretor do Atlético-MG, classificou o retorno como "muito difícil"
  • Entretanto, o estafe do atacante de 23 anos já avisou que só aceita uma transferência para a Cidade do Galo no mercado da bola
  • O atleta não quer se indispor com o Shandong Luneng, da China, em uma negociação desgastante e só abriu tratativas com o ex-clube até o momento
  • A boa relação entre Alexandre Mattos, novo diretor de futebol da equipe, e Paulo Pitombeira, agente do jogador, também influencia no caso

A situação envolvendo o futuro de Róger Guedes segue indefinida. Alexandre Mattos, novo diretor de futebol do Atlético-MG, classificou o seu retorno como "muito difícil". Entretanto, o estafe do atacante de 23 anos já avisou que só aceita esta transferência para a Cidade do Galo no mercado da bola.

O atleta não quer se indispor com o Shandong Luneng, da China, em uma negociação desgastante e só abriu tratativas com o ex-clube até o momento. Ele não está disposto a uma mudança para outra equipe do Brasil no momento.

A boa relação entre Alexandre Mattos e Paulo Pitombeira, agente do jogador, também influencia no caso. O próprio empresário informou ao Galo que não iniciará conversas com outros clubes.

Róger Guedes está disposto, inclusive, a abrir mão de parte do salário que recebe na China para voltar a Belo Horizonte. O jogador fatura 3 milhões de euros (R$ 16,3 milhões) livres de impostos por ano. Na Cidade do Galo, ele teria que se adequar ao teto salarial de R$ 500 mil mensais.

O Shandong Luneng só aceita liberar o atacante por cerca de 10 milhões de euros (R$ 54,42 milhões na cotação atual). O Atlético tenta se acertar com os investidores para sacramentar a negociação.

Atlético-MG