PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Diniz ouve gritos de "burro" após terceiro jogo do São Paulo sem vitória

Fernando Diniz à beira do campo durante o jogo entre São Paulo e Corinthians, no Morumbi - Daniel Vorley/AGIF
Fernando Diniz à beira do campo durante o jogo entre São Paulo e Corinthians, no Morumbi Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/02/2020 21h13

Após o apito final do empate em 0 a 0 contra o Corinthians, pela 6ª rodada do Campeonato Paulista, o técnico do São Paulo Fernando Diniz deixou o gramado ouvindo gritos de "burro" por parte da torcida.

Aos 40 minutos do segundo tempo, o comandante são-paulino tirou Alexandre Pato e colocou Liziero. Após a troca, alguns torcedores também xingaram bastante. Na entrevista coletiva após o jogo, o treinador disse que já previa a bronca pois tirou um atacante e colocou um volante, mas explicou o motivo da alteração. "Eu sabia que seria vaiado pois tirei um atacante e coloquei um jogador de meio-campo. Mas fiz isso porque estávamos sem armação, havíamos perdido o meio-campo", disse Diniz.

Com o empate diante à equipe do Parque São Jorge, o São Paulo chegou a terceira partida sem saber o que é vencer, pressionando ainda mais seu treinador.

Antes do clássico, o Tricolor paulista perdeu por 2 a 1 para o Santo André e empatou, em pleno Morumbi, contra o Novorizontino.

Para romper essa sequência ruim, o São Paulo visita o Oeste, em Barueri, no próximo sábado (22), às 16h30 (de Brasília).

Futebol