PUBLICIDADE
Topo

Réver justifica atuação do Atlético-MG em revés: "1º gol foi um golpe duro"

Réver, zagueiro do Atlético-MG, explica derrota para o Unión-ARG em jogo da Sul-Americana 2020 - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Réver, zagueiro do Atlético-MG, explica derrota para o Unión-ARG em jogo da Sul-Americana 2020 Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

07/02/2020 00h14

Classificação e Jogos

Réver não teve uma atuação convincente pelo Atlético-MG na derrota por 3 a 0 para o Unión-ARG, na noite de hoje, pela ida da primeira fase da Copa Sul-Americana 2020. O zagueiro tentou se explicar ao fim do jogo e apontou o que fez mal à equipe no confronto ocorrido no Estádio 15 de Abril, em Santa Fe.

O experiente defensor explicou que o gol sofrido no início da partida, logo aos três minutos, foi preponderante para o revés no jogo de ida da primeira fase da Sul-Americana.

"Encontramos um jogo muito duro. O golpe do primeiro gol foi muito forte, quando você está reconhecendo a proposta de jogo da equipe adversária. A gente acabou crescendo na partida, dominando e sofremos o segundo gol. Entramos no segundo tempo focados nos detalhes que fizeram a gente tomar os gols. A gente teve dificuldades. Temos um jogo difícil na volta, mas vamos tentar buscar a classificação", declarou o defensor.

Atlético-MG