PUBLICIDADE
Topo

Flamengo vai embolsar R$ 46,1 milhões com venda de Marí para o Arsenal

Pablo Marí trocou o Flamengo pelo Arsenal no mercado da bola 2020 - André Rodrigues/UOL
Pablo Marí trocou o Flamengo pelo Arsenal no mercado da bola 2020 Imagem: André Rodrigues/UOL

Leo Burlá e Thiago Fernandes

Do UOL, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte

25/01/2020 10h41

Resumo da notícia

  • Flamengo acertou a venda de Pablo Marí ao Arsenal, da Inglaterra, por 10 milhões de euros (R$ 46,1 milhões na cotação atual)
  • Detentor de 100% dos direitos econômicos do zagueiro, o clube ficará com o valor total da venda. Ele deixa a Gávea depois de pouco mais de seis meses
  • Negócio foi conduzido por André Cury e finalizado ontem. Com a autorização do Fla, Marí viajou a Londres para fazer exames e assinar com o Arsenal

O Flamengo acertou a venda de Pablo Marí ao Arsenal, da Inglaterra, por 10 milhões de euros (R$ 46,1 milhões na cotação atual). O negócio foi conduzido pelo agente André Cury e finalizado na noite de ontem.

Detentor de 100% dos direitos econômicos do zagueiro, o clube ficará com o valor total da negociação. Ele deixa a Gávea depois de pouco mais de seis meses. O espanhol chegou ao Brasil avalizado por Jorge Jesus.

Com a autorização do Flamengo, Marí viajou para Londres por volta das 20h de ontem (24). Na capital inglesa, ele fará exames e assinará contrato com o Arsenal.

O Fla não tem interesse algum em se desfazer do time que levantou as taças do Brasileiro e da Libertadores, mas uma oferta de um gigante europeu mexeu com a cabeça do espanhol, que já foi contratado pelo Manchester City, mas nunca entrou em campo.

O desejo da família de voltar para o Velho Continente também pesou na decisão, além do desafio de disputar a principal liga do mundo - a Premier League.

Marí foi pinçado pelo departamento de análise do Flamengo e custou pouco mais de R$ 5,5 milhões para o clube, valor baixo se comparado ao gasto com outros astros do elenco. Ele tinha vínculo até dezembro de 2022.

Com a venda de Marí ao Arsenal, Rodrigo Caio, Thuler, Gustavo Henrique e Dantas são as alternativas que o técnico português Jorge Jesus tem para o setor defensivo.

Flamengo