PUBLICIDADE
Topo

Flamengo acerta alvos desejados e mira mercado fechado com Pedro e Gabigol

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/01/2020 04h00

O Flamengo mapeou os jogadores desejados no mercado da bola, ajeitou a mira e acertou nos alvos. Com Michael, Gustavo Henrique e Pedro Rocha contratados, além do iminente acerto com Thiago Maia, o Rubro-Negro trabalha para finalizar as situações de Pedro e Gabigol. Apesar do tom cauteloso no discurso oficial, as transações com a dupla caminham a passos largos e o clima nos bastidores da Gávea é de extremo otimismo por um final feliz.

Há o entendimento que esses negócios, quando concretizados, encerram o ciclo de contratações do Fla neste primeiro momento da temporada. Uma nova ação só seria motivada por uma inesperada "oportunidade de mercado", algo que ainda não aconteceu. A partir do meio de 2020, o Rubro-Negro tentaria suprir eventuais carências diagnosticadas por Jorge Jesus.

Após tentativas na Europa, Gabigol está cada vez mais perto de um retorno em definitivo para a Gávea. Seus agentes esticaram a corda até onde deu no aguardo de ofertas do Velho Continente, mas nada sedutor apareceu. Com a Inter de Milão (ITA), o Rubro-Negro tem um entendimento há um bom tempo. Os valores já estão acertados entre as partes e o Flamengo vai comprar 80% dos direitos do atacante, que custará 16 milhões de euros (R$ 73,7 milhões) aos cofres do clube.

O Flamengo foi paciente e manteve os olhos abertos desde o dia 31 de dezembro, data do término do contrato do artilheiro. As conversas se aceleraram ao final do Mundial, mas a janela europeia brecou o entusiasmo do Fla, que contou com uma certa frieza do mercado em relação ao jogador e também com uma oferta gorda para o jogador e os italianos. Um dos mais bem pagos do grupo em 2019, o atleta ganhará cerca de 20% a mais neste acordo de cinco anos.

Pedro está perto de trocar a Fiorentina pelo Flamengo - Facbook/Fiorentina
Pedro está perto de trocar a Fiorentina pelo Flamengo
Imagem: Facbook/Fiorentina

Sem vez na Fiorentina (ITA), Pedro é outro que está prestes a mudar de ares. Vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz disse, em entrevista coletiva, que o caso estava em estágio inicial. O negócio, no entanto, ferve. O ex-tricolor já se definiu pelo Fla, faltando agora o acordo entre clubes. O empresário Marcio Giugni embarcou ontem (14) para Florença (ITA), e há a expectativa de que uma reunião hoje (15) faça a questão avançar.

A equipe encara hoje a Atalanta, em jogo válido pela Copa da Itália. Com um pé no Flamengo, o atleta não foi sequer relacionado pelo técnico Giuseppe Iachini. Em fase final de negociação, o jovem de 22 anos foi preservado para evitar riscos desnecessários. Ante a intransigência inicial dos diretores da Viola, o Flamengo conseguiu convencer os italianos de ceder Pedro por empréstimo de um ano. Caso aprove, os rubro-negros teriam de pagar algo em torno de 10 milhões de euros (R$ 46 milhões) para tê-lo em definitivo.

Maia a caminho

A dupla de atacantes está a um passo do Flamengo, mas Thiago Maia tem situação ainda mais avançada. Flamengo e Lille (FRA) chegaram a um acordo e falta apenas a assinatura do contrato para que as tratativas sejam seladas. Há expectativa que o volante assine o acordo ainda esta semana. Maia virá por empréstimo e seus direitos econômicos serão fixados em 6 milhões de euros (R$ 27, 6 milhões).

Flamengo