PUBLICIDADE
Topo

Agente de Pedro embarca para a Itália com proposta do Flamengo na bagagem

Pedro está mais perto do Flamengo - Gabriele Maltinti/Getty Images
Pedro está mais perto do Flamengo Imagem: Gabriele Maltinti/Getty Images

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/01/2020 09h31

O Flamengo dá um passo importante para selar a contratação de Pedro, da Fiorentina (ITA). Hoje (14), Marcio Giugni, empresário do jogador, embarca para a Itália e leva na bagagem a proposta dos cariocas. Uma reunião está prevista para amanhã (15).

A expectativa na Gávea é que o assunto caminhe rumo a um desfecho até o final desta semana. A cúpula do Fla confia no desejo do atleta para ter um final feliz. As partes envolvidas tratam o negócio como "quentíssimo".

Giugni tem consigo uma oferta formal para o empréstimo até dezembro, com a possibilidade de uma compra em definitivo após este prazo. Uma aquisição definitiva não sairia por menos de 10 milhões de euros (cerca de R$ 45,2 milhões).

Apesar da esperança em ter o jovem, o Flamengo sabe que tem concorrência por Pedro. Grêmio e Porto (POR) são os outros gigantes que brigam pelo atleta de 22 anos. Sem espaço na Fiorentina, que acaba de fechar a contratação de Patrick Cutrone, o centroavante vê suas perspectivas de atuar diminuírem.

Pedro vê no Flamengo um bom cenário para retomar o protagonismo que tinha no Fluminense. Na cabeça do jogador está a volta para uma grande vitrine que o ajudaria a realizar o sonho de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio neste ano.

Contratado por cerca de 11 milhões de euros (R$ 49,7 milhões), Pedro foi um investimento alto para os padrões do clube italiano. Até aqui ele vestiu a camisa viola em apenas quatro ocasiões e não marcou um gol sequer. Ante este investimento que não deu certo, o Flamengo tenta convencer os italianos a minimizarem o prejuízo.

Em junho de 2019, o Fla tentou tirar Pedro do Flu, mas esbarrou no presidente tricolor Mário Bittencourt, que vetou a venda para o arquirrival. A oferta era de 12 milhões de euros (R$ 54,2 milhões) por 70% dos direitos.

Flamengo