PUBLICIDADE
Topo

Jesualdo pede, e Santos segura Arthur Gomes no elenco

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

09/01/2020 12h00

Resumo da notícia

  • O técnico Jesualdo Ferreira pediu um tempo para analisar o atacante Arthur Gomes
  • O Peixe deve mantê-lo no elenco para a temporada 2020
  • O atacante fez uma boa Série A pela Chapecoense, onde esteve por empréstimo, no ano passado
  • Arthur Gomes pode preencher uma lacuna de profundidade de elenco em seu setor no Santos

O atacante Arthur Gomes deve seguir no Santos para a temporada 2020. O técnico Jesualdo Ferreira pediu um tempo para observar o jogador que fez uma boa Série A do Brasileirão pela Chapecoense, onde esteve por empréstimo no ano passado, e o Peixe deve mantê-lo no elenco, ao invés de negociá-lo no mercado da bola.

Cria das categorias de base do Santos, Arthur Gomes ficou entre os maiores dribladores do Brasileirão de 2019. Foram 30 jogos no torneio nacional e quatro gols marcados.

No Peixe de Jesualdo, Arthur pode preencher uma lacuna de profundidade de elenco na posição de ponta. Atualmente o Santos conta com os titulares Marinho e Soteldo, além de Tailson e Venuto, pouco utilizado, como opções. Os jovens Allanzinho e Alexandre Tam, que terminaram o ano como opções no elenco profissional sequer estrearam. O paraguaio Derlis González ainda não sabe se fica no clube.

Apesar de pouco utilizado na última temporada, Arthur Gomes soma 61 jogos no time profissional do Santos e sete gols marcados. O jovem de apenas 20 anos acumulou passagens pelas seleções brasileiras de base.

O jogador é um dos únicos atletas que estavam emprestados que interessam ao Peixe para a temporada 2020. A maioria dos jogadores que retornou já foi novamente emprestada, com exceção do goleiro Vladimir, que aguarda o futuro de Vanderlei para saber se fica ou não, e do lateral Daniel Guedes, suspenso preventivamente após ser pego no exame antidoping.

Precisando vender jogadores para equilibrar as contas, não está descartada uma negociação em definitivo do jovem atacante, mas, neste momento, não há intenção de emprestá-lo novamente.

Santos