PUBLICIDADE
Topo

Jesualdo brinca sobre diferenças para Jesus e valoriza técnicos brasileiros

Jesualdo Ferreira em sua apresentação ao Santos - Fernanda Luz/AGIF
Jesualdo Ferreira em sua apresentação ao Santos Imagem: Fernanda Luz/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

08/01/2020 13h07

Resumo da notícia

  • Jesualdo Ferreira foi apresentado como novo técnico do Santos hoje, na Vila Belmiro
  • O português recebeu a camisa 10 do presidente José Carlos Peres e esbanjou bom humor
  • Ele elogiou os técnicos brasileiros e ressaltou a importância deles para o próprio futebol português
  • Jesualdo brincou sobre as diferenças entre ele o amigo Jorge Jesus, técnico do Flamengo

O português Jesualdo Ferreira foi apresentado hoje como novo técnico do Santos e esbanjou bom humor. Questionado sobre o aumento do número de técnicos estrangeiros no Brasil, o comandante santista fez questão de falar da importância dos treinadores brasileiros também em Portugal.

Jesualdo falou sobre nomes que fizeram história em sua terra natal, inclusive dirigindo a seleção portuguesa em competições como a Copa do Mundo e a Eurocopa.

"Futebol brasileiro tem muitos anos de representatividade no mundo. Treinadores estrangeiros sempre olharam da mesma forma. Comigo foi assim, pelo menos. Futebol brasileiro tem muitos treinadores de qualidade, sempre teve e continuará tendo. Isso acontece na Inglaterra e em qualquer lugar, essa observação de fora. Essa transformação não tem a ver com o Brasil, mas com a globalização do futebol. As coisas mudaram. Futebol brasileiro foi sempre conhecido pela qualidade dos jogadores. E o que foi notório em tudo isso foi que brasileiros ganharam. Muitos foram para fora do Brasil. Há dois treinadores com influência tremenda: Otto Glória, treinador de Portugal em 1966, brasileiro. Em 2004 era brasileiro, Felipão. Durante o tempo em Portugal teve importância muito grande. Falei em dois, mas há mais. Carlos Alberto Silva, Abel Braga, e todos os outros. Renato Gaúcho tem muitos títulos, Vanderlei Luxemburgo...", afirmou Jesualdo.

Em vários momentos da entrevista o português arrancou risadas dos presentes na sala de imprensa da Vila Belmiro. Brincou sobre sua idade e falou com bom humor sobre diversos assuntos. Questionado sobre semelhanças e diferenças com Jorge Jesus, técnico do Flamengo, voltou a brincar.

"Você acha que vou falar isso tudo? Eu e Jesus somos amigos e treinadores mais intitulados de Portugal. Conheço suas qualidades, trabalhador, obstinado, sabe o que quer e tem uma linha difícil de mexer. Tem sua forma e estilo, é aquilo. Eu não tenho nada a ver com ele. Sou mais velho, ele tem mais cabelo (risos). A forma de ver é parecida, mas abordagens não são iguais. Vocês já viram o Jesus e agora aguardem para ver a mim", disse.

Sobre o atacante Ricardo Quaresma, especulado como possível alvo do Santos no Mercado da Bola nos últimos, Jesualdo rasgou em elogios, mas voltou a despistar.

"Ganhamos juntos algumas coisas. Ricardo fez no Porto a melhor época de sua carreira. É campeão europeu por Portugal, Liga das Nações também. O Ricardo é um talento que foi crescendo ao longo da sua vida e que ajudou no futebol português. Percebi que há uma grande onda nas redes sociais, de fato é um tema que provavelmente vamos falar. Não mais do que isso", declarou.

O primeiro treinamento comandado pelo português ocorre na tarde de hoje, data da reapresentação do elenco. O trabalho será fechado à imprensa.

Santos