PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Diniz espera resposta de Arboleda em campo e diz que Jean "paga pelo erro"

Técnico tricolor comanda pré-temporada desde ontem, e hoje deu sua primeira entrevista em 2020 - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Técnico tricolor comanda pré-temporada desde ontem, e hoje deu sua primeira entrevista em 2020 Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Do UOL, em São Paulo

09/01/2020 12h41

Em sua primeira entrevista coletiva de 2020, na manhã de hoje, o técnico Fernando Diniz falou no CT da Barra Funda sobre dois episódios que marcaram as férias do São Paulo: o caso de polícia envolvendo o goleiro Jean e as críticas a Arboleda por ter aparecido com uma camisa do Palmeiras.

"A gente lamenta [o caso Jean] porque não quer isso para ninguém. Infelizmente ele errou, e está pagando pelo seu erro", comentou brevemente o treinador. Questionado sobre os possíveis substitutos para a vaga de Jean, que deve ter seu contrato rescindido em breve, Diniz não falou em reforços. "Confio muito nos jogadores que estão aqui. O São Paulo tem um histórico de bons goleiros, de convocações para as categorias de base. São muito bem treinados, e eu estou muito confiante com os que a gente tem", disse.

Jean chegou a ser preso nos Estados Unidos, ainda em dezembro, sob acusação de ter agredido a esposa, Milena Bemfica. O goleiro ainda está sob contrato com o São Paulo, que neste momento aguarda apenas um aval jurídico para oficializar a rescisão.

Arboleda foi outro jogador criticado pelos são-paulinos durante as férias, mas por episódio sem qualquer gravidade, por vestir uma camisa do rival Palmeiras. Diniz tratou a polêmica com sobriedade e apostou em uma resposta positiva do jogador em campo.

"Prefiro não falar de uma [possível] pressão. O Arboleda errou, assumiu o erro e pediu desculpas. Ele vai reverter isso com trabalho: chegou bem, está trabalhando e focado. É bola para frente, porque ele vai saber se redimir dentro de campo", afirmou o técnico.

Confira mais respostas da coletiva de Diniz:

Manutenção do elenco
"É uma vantagem. O grande reforço do São Paulo é ter uma grande manutenção do elenco. Isso de fato é um grande reforço. especificamente também a gente tinha que confirmar as contratações do Volpi, do Igor Vinícius e do Vitor Bueno. O São Paulo trabalhou bem neste sentido, priorizou estes três reforços, porque a gente começa a pré-temporada com eles."

Jejum de títulos
"O jejum existe, e existe uma cobrança do torcedor, que é justificada. O São Paulo é um clube que ganhou muita coisa, e há anos não ganha. As décadas que antecederam este jejum foram a época mais vencedora do clube. É justificado, então temos que fazer de tudo para entregar o que o torcedor quer, que é título."

Time mais rápido em 2020?
"A primeira coisa a enaltecer é o trabalho do São Paulo em Cotia, é um dos pilares da instituição. Tenho o perfil de aproveitar bem estes garotos, então é um ponto positivo. Não é questão de querer um time assim ou não; é o que a gente tem hoje, e me agrada muito. Estou muito contente com o elenco, de ter estes jovens que podem combinar tão bem com os experientes."

Objetivos no ano
"São Paulo vai tentar ao máximo todos os títulos das competições que disputar, a começar pelo Paulista. Não tem como pensar diferente. A gente tem um elenco forte, tem estrutura, camisa, tradição, então temos que pensar sempre em vitórias e títulos."

Rivais também devem ser ofensivos
"O futebol abarca todas as maneiras de jogar, na Espanha tem as escolhas do Simeone, do Barcelona, do Real. Não vejo como positivo ou negativo, nós temos é que fazer o máximo para ter vitórias e títulos."

Hernanes e Alexandre Pato
"É uma expectativa positiva para todos, o Hernanes é uma grande referência no São Paulo, talvez o jogador mais identificado com o clube. Tem grande potencial técnico e liderança. Se ele não ajudou tanto na parte final [de 2019] dentro de campo, fora de campo é o que mais veste a camisa do clube, sempre preocupado pela vaga na Libertadores. Já foi muito importante, então estou muito confiante que ele faça a pré-temporada sem lesões para mostrar o grande potencial que ele tem. Sobre o Pato, a mesma coisa, tem grande potencial. São jogadores de nível técnico muito alto; a gente espera que eles possam produzir em campo tudo o que eles podem."

São Paulo