Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians chuta pouco em meio à crise e sente a falta que Pedrinho faz

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

14/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Time de Fábio Carille não vence há três jogos e vive uma crise no ataque
  • Nos últimos dois jogos, Pedrinho foi desfalque por causa da seleção sub-23
  • Aproveitamento do Corinthians é melhor com Pedrinho, maior finalizador do time
  • Somando os jogos contra Athletico e São Paulo, equipe acertou só seis chutes
  • Haverá logística especial para ter Pedrinho na quarta-feira, contra o Goiás

O Corinthians abriu uma sequência de três partidas sem vitórias no Campeonato Brasileiro: empates com Grêmio e Athletico-PR e derrota diante do São Paulo, ontem (13), no Morumbi. Mais do que os resultados, foram jogos em que o time dirigido pelo técnico Fábio Carille mostrou repertório ofensivo limitado e só marcou em jogadas de bola parada.

Duas destas partidas coincidem com a ausência de Pedrinho, convocado à seleção brasileira sub-23 que tem um amistoso hoje, no Recife, contra o Japão. O meia é a principal peça criativa do elenco do Corinthians e está fazendo falta.

Alguns números provam a afirmação: Pedrinho tem seis gols marcados (sexto do elenco neste fundamento em 2019) e seis assistências (no grupo, o segundo melhor). O último no Brasileirão foi contra o Fortaleza, em julho.

São 51 partidas no ano, em 65 disputadas pelo Corinthians. Ele foi titular na maioria e o aproveitamento do time despenca quando ele é desfalque para 37,5% dos pontos disputados. Com ele, chega perto de 60%.

Pedrinho também é quem mais finaliza pelo Corinthians no Campeonato Brasileiro. São 39 chutes a gol, 16 certos e 23 errados, em 18 jogos. Mateus Vital é o perseguidor mais direto na estatística, com 26 finalizações, de acordo com dados da plataforma Footstats. Naturalmente, o aproveitamento ofensivo do time cresce com ele em campo, com uma média de gols superior.

Corinthians acertou só seis finalizações nos últimos dois jogos do Brasileiro - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Corinthians acertou só seis finalizações nos últimos dois jogos do Brasileiro
Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Contra o Athletico-PR, o Corinthians chutou a gol dez vezes, mas só quatro na direção certa. Diante do São Paulo, a apatia: três finalizações, duas certas. Estes números contribuíram para outra marca: a equipe de Carille agora é a terceira que menos finaliza em todo o Campeonato Brasileiro, abaixo apenas de CSA e Botafogo. Também é o quarto time que mais erra, o que escancara os problemas do ataque.

O assunto já rendeu polêmica nos últimos dias, quando Boselli reclamou que não está rendendo o esperado porque o funcionamento do time faz com que o centroavante tenha poucas chances de marcar. Carille concorda com a crítica e diz que o elenco não tem nenhum jogador com característica para municiá-lo e que está tendo dificuldades para compensar o problema.

Pedrinho tem o retorno aguardado com ansiedade. É considerado como o jogador com maior diferencial técnico do setor ofensivo, por sua qualidade no passe e imprevisibilidade nas finalizações. Ele joga um amistoso contra o Japão pela seleção brasileira sub-23 hoje, em Pernambuco, e depois vai embarcar direto para Goiânia, onde o Corinthians enfrenta o Goiás na quarta-feira, às 21h30. Caso tenha condições físicas, deve começar jogando.

É o que pode salvar a pele de Carille neste momento do Brasileirão.

Como Pedrinho deve jogar no Corinthians?

Resultado parcial

Total de 408 votos
74,02%
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
10,05%
Divulgação
2,21%
Daniel Vorley/AGIF
13,73%
Marcello Zambrana/AGIF
Total de 408 votos

Corinthians