Topo

UOL Esporte vê TV


"O Palmeiras ficar atrás do Santos é um baita vexame", diz Arnaldo Ribeiro

Arnaldo Ribeiro no Seleção SporTV - Reprodução/SporTV
Arnaldo Ribeiro no Seleção SporTV Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/10/2019 15h47

Estreando no Grupo Globo, Arnaldo Ribeiro comentou a derrota do Palmeiras para o Santos, por 2 a 0, durante o Seleção SporTV desta quinta-feira. Citando o alto investimento feito pelo alviverde, o comentarista afirmou que será um 'baita vexame' para o time de Mano Menezes terminar atrás do Peixe no Campeonato Brasileiro.

"Contra o Santos, foi um fiasco. Perder dessa forma, para quem está disputando (o título), ser ultrapassado pelo Santos na tabela. Convenhamos: O Palmeiras ficar atrás do Santos na tabela no final do Campeonato é um baita vexame. É uma coisa inaceitável pela quantidade de investimento que o Palmeiras fez esse ano. Hoje, o Santos está na frente pelos critérios de desempate", afirmou Ribeiro.

"O Santos joga melhor que o Palmeiras, o que é mais assustador. O Palmeiras investiu demais, e o Mano não tem nada a ver com isso. Montou um elenco recheado de opções e, na prática, o futebol do Palmeiras não é melhor do que o do Santos. O Santos deu uma blitz que parecia Mundial de Clubes de time europeu contra sul-americano nos primeiros 20 minutos. Isso é para o Mano e o Palmeiras refletirem", completou o apresentador André Rizek.

Na sequência, recordando os desfalques do alvinegro praiano por conta das datas Fifa, além do meia Evandro, suspenso, Rizek afirmou que o Santos deu 'um banho de bola' no alviverde.

"O Santos jogou esfacelado, inclusive do jogador mais decisivo, que é o Soteldo. Esse Santos esfacelado acabou esfacelando o Palmeiras. Foi um banho de bola", disse o apresentador.

"O que surpreendeu foi um time esfacelado, escalado de forma ofensiva, ousada e sem volante de marcação. Alison e Victor Ferraz não jogaram. Era um time mais leve. O Palmeiras não soube entender essa formação. Você pega a lista de relacionados do Santos e do Palmeiras e você diz: 'Tem uma diferença muito grande aqui'. E, no campo, foi o contrário", complementou Arnaldo.

"Exato. Você olhava a lista de relacionados e falava: 'O time de verde vai massacrar'. Parecia o contrário. Parecia que o time de elenco milionário era o Santos", concluiu Rizek.

Com a vitória em casa, o time de Jorge Sampaoli chegou a 47 pontos e, por ter uma vitória a mais do que o Palmeiras, assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O líder Flamengo, com 52 pontos somados, entra em campo hoje (10), às 20h, para encarar o Atlético-MG.