Topo

Xodó de Osorio é artilheiro da 4ª divisão e vive últimos dias de São Paulo

Murilo - Leyson/Divulgação
Murilo Imagem: Leyson/Divulgação

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

13/09/2019 04h00

Quem acompanhou de perto o dia a dia do São Paulo em 2015 se lembra bem de Murilo. O time comandando por Juan Carlos Osorio podia ter Luís Fabiano, Pato, Ganso e Alan Kardec entre outros renomados jogadores. Mas, para o técnico colombiano, a aposta ofensiva para o futuro do clube era o então garoto, que havia sido promovido das categorias de base. O tempo passou, lesões viraram barreiras, e o rapaz sumiu dos holofotes. Emprestado para o Fernandópolis, ele tenta se reerguer na quarta divisão paulista e vive seus últimos dias de contrato com o Tricolor paulista. O vínculo vence neste domingo.

"Depois que subi para o profissional, aos 17 anos, voltei para a base para disputar a Copinha. Joguei a Libertadores sub-20 e fomos campeões. Aí, machuquei o joelho direito, quando estava subindo para o profissional. Rompi ligamento e fiquei um ano parado, Quando voltei, joguei uns dois meses. Como estava forçando um lado do corpo, machuquei o púbis e fiquei mais cinco meses parado. Isso me atrapalhou, Fui emprestado para o Cianorte [do Paraná], comecei bem, mas senti o joelho", disse o jogador, ao UOL Esporte.

A recuperação da lesão sofrida em 2016 não aconteceu da maneira esperada. Como consequência, no retorno para o gramado, o rendimento era inferior ao apresentado nos tempos que despontou como promessa com a camisa do São Paulo. Por isso, mesmo muito jovem, pensou até em pendurar as chuteiras.

"Desde quando operei o joelho, nunca joguei como antes. Sempre tive dor no joelho, o que atrapalhou muito. Ainda fui emprestado para o Atlético-GO. Depois, vim para cá [Fernandópolis], porque era a minha cidade natal. Estava pensando em parar de jogar, não aguentava mais. Hoje em dia, não sinto dor. Só desconforto", afirmou Murilo, de 21 anos.

Perto da família e um ambiente favorável, ele tenta se reerguer. No Campeonato Paulista Sub-23 - segunda divisão (equivalente à quarta divisão do estadual), é o artilheiro com 15 gols.

"Eu terminei 2018 sendo campeão do sub-23 pelo São Paulo, sem jogar muito. Vim para cá [Fernandópolis], e não esperava ser artilheiro. Meu ano está sendo muito bom, e o do time também. Pensando no coletivo, nós só perdemos um de 20 jogos. Tenho contrato com o São Paulo até 15 de setembro. Vou tentar renovar com o Fernandópolis para jogar até o fim do campeonato. Tenho propostas de outros times, mas vamos ver o que acontece", disse o rapaz.

Confira outros trechos da entrevista com Murilo:

Relação com o São Paulo

Ficou um pouco mal resolvido. O futebol é assim. Todo mundo falava comigo. Depois, fui tratado de uma forma totalmente diferente. Mas agradeço ao São Paulo por ter me ajudado. Eles me ajudaram muito também.

Osorio

Perdi o contato com ele. Não tive essa oportunidade.

Murilo quando havia sido promovido para o profissional do São Paulo - Érico Leonan / saopaulofc.net
Murilo quando havia sido promovido para o profissional do São Paulo
Imagem: Érico Leonan / saopaulofc.net

Vida com os profissionais

Não tenho nem explicação. Era o momento da minha vida em que joguei com Ganso, Pato, Rogério Ceni e Luís Fabiano... Era um momento único da vida.

Convívio com os craques

Desde que cheguei ao profissional, eles me acolheram bem. Falavam comigo e me ajudaram bastante.

Futuro

Penso em jogar em outro clube. Já recebi proposta. Primeiro, quero ser campeão aqui. Depois a gente vê. Os clubes me procuram mais para o ano que vem. Penso em subir outra vez. Tive de descer, agora penso em subir. Quero fazer uma nova história para seguir no futebol.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

São Paulo