Topo

Frazan "resolve" zaga do Flu e pode ajudar Oswaldo após "ofensivo" Diniz

Frazan fez partida segura contra o Corinthians pela Copa Sul-Americana - Lucas Merçon/Fluminense FC
Frazan fez partida segura contra o Corinthians pela Copa Sul-Americana Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/08/2019 04h00

No empate por 0 a 0 com o Corinthians pela Copa Sul-Americana, o Fluminense voltou a não sofrer gols pela primeira vez desde 9 de junho, em clássico contra o Flamengo, quando as redes não balançaram. E uma "coincidência" marca os dois jogos: reserva, o zagueiro Frazan foi acionado e começou jogando.

De estilo sério, o jovem de 23 anos não encanta pela qualidade técnica, mas pode ajudar e muito o novo técnico Oswaldo de Oliveira. O defensor costuma ser chamado em momentos de decisão, e geralmente "resolve". Suas últimas chances foram em clássicos contra Fla e Vasco e jogos de mata-mata contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, e Antofagasta (CHI), pela Copa Sul-Americana.

"É aquilo que sempre digo: temos que estar preparados para toda e qualquer oportunidade. Vinha treinando bem e estava me sentindo pronto para entrar independente do jogo que fosse. Quanto a sempre entrar em jogos importantes, me sinto um privilegiado. Jogador gosta de jogos grandes e comigo não é diferente", declarou Frazan, ao UOL Esporte.

Com Frazan em campo em 2019, seja como titular ou opção durante os 90 minutos, o Flu disputou seis partidas e sofreu cinco gols, média inferior a um gol por jogo. O bom posicionamento e a força do jogador nas divididas contra o Corinthians mereceram elogios dos torcedores, e o desempenho mostra que ele corresponde às expectativas quando requisitado.

O problema é que dentro do estilo "ofensivo" de Fernando Diniz, o zagueiro não teve muitas chances. Com o mais "tradicional" Oswaldo, a tendência é que, melhor protegidos, os zagueiros possam ter melhor desempenho e reduzir a alta média de gols sofridos da equipe - a defesa é a segunda pior do Brasileirão, com 25 gols sofridos em 15 rodadas.

Frazan exaltou a atuação da equipe na partida na Arena Corinthians. Para o zagueiro, o empate conquistado em São Paulo é importante por levar a decisão da vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana para a casa do Fluminense.

"Foi um jogo muito correto nosso. Nos postamos bem e conseguimos neutralizar as principais armas do Corinthians. Trouxemos a decisão para o Maracanã onde teremos, certamente, o apoio total e irrestrito do torcedor", opinou.

Em certos momentos criticado pela torcida tricolor, o zagueiro espera que novas oportunidades apareçam com a chegada de Oswaldo de Oliveira.

"Eu sempre procurei fazer meu trabalho com dedicação, entrega e muito profissionalismo. Quem me conhece sabe que, mesmo não tendo oportunidades, me dedico 100% nos treinamentos. Procuro me preparar pois a oportunidade chega a qualquer momento. Respeito a decisão dos treinadores, mas me sinto preparado para assumir todo e qualquer desafio com a camisa do Fluminense. É seguir trabalhando e batalhando um lugar entre os 11", projetou.