PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

'Grupo entende', diz Daniel sobre Flu quitar atrasados apenas de Pedro

Daniel, nesta temporada, vem conseguindo ter sequência de jogos - REUTERS/Pilar Olivares
Daniel, nesta temporada, vem conseguindo ter sequência de jogos Imagem: REUTERS/Pilar Olivares

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

02/07/2019 12h58

A diretoria do Fluminense, com o intuito de evitar uma saída de Pedro na Justiça, quitou, ontem (1), os salários do jogador que estavam em atraso. O fato, porém, não gerou incômodos no restante do elenco tricolor, segundo o meia Daniel. Em entrevista coletiva na manhã de hoje (2), ele afirmou que não houve um comunicado oficial em relação ao assunto, mas assegurou que o grupo entende a atitude.

Pedro, que estava com dois meses de salário atrasado, recebeu uma proposta do Flamengo, mas o Tricolor garantiu que o jogador só deixa as Laranjeiras para um rival caso seja pago o valor da multa rescisória - 50 milhões de euros, cerca de R$ 220 milhões. O Rubro-Negro demonstrou intenção de enviar um novo documento, oferecendo quantias mais altas, mas o Fluminense manteve a postura, e o clube da Gávea desistiu da negociação para não criar atritos na relação entre as instituições.

"Essa não é uma informação que nos foi passada através da diretoria. Saiu na imprensa. Se for verdade mesmo, o grupo entende. Normal. Temos de seguir com a cabeça boa, nos preocupar em treinar, jogar e ganhar os jogos. Essa parte quem tem de resolver é a diretoria"

Daniel apontou que a vida de Pedro no Fluminense permanece como antes de toda a movimentação nos bastidores em relação a uma possível troca de clube. "Não conversei com o Pedro, acho que isso não me diz respeito. Isso é com ele, empresários e diretoria do Fluminense. Ele está tranquilo, treinando muito bem e se dedicando como sempre. Normal."

Fluminense