Topo

Fluminense avança por goleiro Walter, mas Corinthians pode ser obstáculo

O nome de Walter não chega a ser um novidade nos corredores das Laranjeiras - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
O nome de Walter não chega a ser um novidade nos corredores das Laranjeiras Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Alexandre Araújo, José Eduardo Martins e Ricardo Perrone

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP)

30/06/2019 04h00

Em busca de reforços, o Fluminense tem no radar a procura por um goleiro e, neste quesito, a diretoria tricolor conseguiu avançar nas conversas por Walter, do Corinthians. Porém, o cenário não aponta para uma situação fácil a favor do clube das Laranjeiras.

Segundo o UOL Esporte apurou, nos últimos dias, as tratativas ganharam novos capítulos e avançaram, mas, por outro lado, o Corinthians deve fazer jogo duro. Isso porque, com Cássio sendo constantemente convocado por Tite para a seleção brasileira, há uma expectativa de que a ausência dele se torne mais rotineira e, assim, a comissão técnica alvinegra teria apenas Caíque como opção.

Recentemente, Celso Barros, vice-presidente geral do Fluminense e nome forte do futebol admitiu o interesse em contar com Walter. A situação, que já trazia certa preocupação antes mesmo da paralisação do calendário nacional, se tornou mais grave após Rodolfo - que vinha revezando a titularidade com Agenor - ter testado positivo no exame antidoping.

O nome de Walter não chega a ser novidade nas Laranjeiras. No início do ano, já com o técnico Fernando Diniz no comando do elenco, o goleiro foi procurado, mas, à época, as conversas não avançaram devido a alguns valores apresentados.

A posição de goleiro é considera essencial para Diniz, que é um treinador que busca com que a equipe tenha maior posse de bola e, assim, utiliza também a troca de passes no setor defensivo.

A atual diretoria do Fluminense, encabeçada por Mario Bittencourt, assumiu o clube no último dia 10, após ter vencido eleição no último dia 8.

"E posso garantir que o Paulo e o Celso estão fazendo todo o esforço do mundo para que possamos reforçar o elenco dentro das nossas possibilidades, porque sabem que precisamos acertar muitas coisas que ficaram para trás, porque pegamos muitas coisas que estavam no meio do caminho do ponto de vista financeiro. Mas temos buscado sim. Óbvio que nunca se trabalha com um nome para cada posição. Porque há questões negociais, comerciais, contratuais, e é importante que o clube busque novos atletas", disse o mandatário, em coletiva na última sexta-feira.