PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Federações de Rússia, Sérvia, México e Marrocos são multadas pela Fifa

Mexicanos arremessaram objetos no gramado durante derrota para a Suécia  - Matthias Hangst/Getty Images
Mexicanos arremessaram objetos no gramado durante derrota para a Suécia Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

30/06/2018 23h21

Classificação e Jogos

A Comissão de Disciplina da Fifa decidiu impor diversas multas às federações de Rússia, Sérvia, México e Marrocos por infrações cometidas durante os jogos da Copa do Mundo.

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- NeymarS/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

A União de Futebol da Rússia foi multada em 10 mil francos-suíços (pouco mais de R$ 39.100) devido à exibição de um cartaz discriminatório por um torcedor do país na partida contra o Uruguai.

Pelo mesmo motivo, mas registrado na derrota para o Brasil, a federação da Sérvia deverá pagar uma multa de 20 mil francos-suíços (R$ 78.200).

Já a Federação Mexicana de Futebol foi multada em 15 mil francos-suíços (R$ 58.675, aproximadamente) e recebeu uma advertência pelos distúrbios provocados por torcedores do país, que chegaram a lançar objetos em campo depois da derrota para a Suécia.

A maior multa foi imposta à Associação Marroquina de Futebol: 65 mil francos-suíços (quase R$ 255 mil). A Fifa puniu a entidade por diversos incidentes no jogo contra a Espanha, entre eles a invasão de campo de seis membros da comissão técnica após o apito final. Torcedores também foram registrados lançando objetos no gramado.

Além disso, o órgão de disciplina da Fifa enviou advertências para várias federações. Uma das que recebeu aviso foi a do Egito, que não cumpriu o regulamento ao não garantir que Mohammed Salah concedesse entrevista coletiva depois da derrota para a Arábia Saudita, no último jogo das duas seleções no Mundial.

A presença de Salah era obrigatória porque o craque do Liverpool havia sido escolhido como o melhor jogador em campo na partida.

O atacante marroquino Noureddine Amrabat, por sua vez, foi alertado pelo comportamento ofensivo depois do jogo contra a Espanha. Revoltado com a arbitragem que voltou atrás da decisão de anular um gol de Iago Aspas após consultar o sistema de árbitro de vídeo, o jogador disse que o "VAR é uma b...".

Copa 2018