PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

O que Tite fez para não chorar ao voltar ao Brasil após queda na Copa-18

Tite revelou ter se emocionado ao chegar em aeroporto do Rio de Janeiro, após eliminação da Copa em 2018 - AFP
Tite revelou ter se emocionado ao chegar em aeroporto do Rio de Janeiro, após eliminação da Copa em 2018 Imagem: AFP

Do UOL, no Rio de Janeiro

09/03/2022 04h00

Classificação e Jogos

A eliminação para a Bélgica, ao ser derrotado por 2 a 1, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, gerou muitas emoções aos brasileiros. Um deles, o treinador da seleção, Tite. Durante entrevista ao programa "Conversa com Bial", que estreou nova temporada nesta semana, o treinador revelou que foi obrigado a usar técnicas pouco convencionais para evitar o choro ao pisar no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

"Uma das coisas que ficaram muito marcadas, após sermos derrotados, foi sim o vestiário e todo o clima que vivenciamos, mas me marcou muito quando chegamos no aeroporto. Me emocionei. Sou descendente de italiano, e às vezes me seguro um pouco para conter minha emoção. Para isso uso alguns artifícios, como morder o lábio e a língua. Na hora que estávamos descendo no aeroporto, mordi o lábio e a língua, porque, não sei de onde começou, mas começaram a nos aplaudir", disse Tite.

"O futebol é desempenho, é dignidade. Existe dignidade na derrota, Bial. Você pode perder para uma equipe porque ela é melhor que a sua, e isso é do jogo. Isso faz parte da vida. Meu legado para os meus filhos é que você não vai vencer todas, mas faça seu melhor. A vitória é fazer seu melhor", completou o treinador da seleção brasileira.

O desembarque ocorreu em 8 de julho de 2018. Assim que apareceram no saguão do aeroporto, jogadores e comissão técnica foram aplaudidos por torcedores e funcionários presentes no local. Tite não foi um dos primeiros, mas deixou uma rápida mensagem. "Gostaria apenas de agradecer o carinho da torcida", falou o treinador em sua chegada.

O bom trabalho de Tite foi reconhecido também pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que manteve o treinador no cargo para o novo ciclo, já anunciado pelo próprio treinador, como seu último na seleção. O Brasil se classificou com antecedência à Copa no Qatar, que será disputada no fim deste ano.

A entrevista de Tite no "Conversa com Bial" vai ao ar hoje à noite, após o "Jornal da Globo".

Seleção Brasileira