PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Biglia diz que argentinos são impacientes e exalta importância de Messi

Do UOL

Em São Paulo

27/04/2018 00h02

Classificação e Jogos

Lucas Biglia reclamou da postura dos torcedores argentinos em entrevista realizada pelo canal Tyc Sports que foi ao ar nesta quinta-feira (26). O volante do Milan e da seleção afirmou que seus compatriotas são impacientes e não esperam o trabalho nos clubes e na própria seleção evoluírem. Além disso, o meio-campista que deve vestir a camisa albiceleste no Mundial exaltou a importância de Messi para o grupo que irá à Rússia.

A Argentina recebeu uma série de críticas após ser derrotada por 6 a 1 para a Espanha, no último amistoso realizado pelos comandados de Jorge Sampaoli, na Espanha. Para o atleta de 32 anos, no entanto, é preciso ter mais calma para fazer uma avaliação aprofundada sobre a seleção.

“Somos um país que não tem paciência. Precisamos de um técnico para vir e, em três jogos, que seja campeão. E assim os resultados são impossíveis, não só na seleção, mas nos clubes", afirmou o jogador que está machucado, mas não deve ficar de fora da lista de convocados para a Copa do Mundo.

“Fizemos muitas mudanças em um curto período de tempo.... Desde terminou a Copa do Mundo de 2014, o técnico foi trocado três vezes. Os resultados imediatos são impossíveis”, contou Biglia.

O jogador prosseguiu com a sua linha de raciocínio citando a Alemanha como exemplo: “O último campeão teve o mesmo técnico nos últimos 12 anos e os jogadores estão trabalhando juntos há dez”, lembrou.

Durante a entrevista, Biglia também se rendeu ao talento de Lionel Messi e revelou que o camisa 10 eleva o patamar da equipe: “Messi é o único que nos faz ganhar e queremos ajuda-lo. Sem Messi, somos um time normal”, finalizou.

Copa 2018