PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Obsessão por Copa pode fazer Inglaterra criar folga de 13 dias na liga

Jogadores da Inglaterra se lamentam durante derrota para a Islândia nas oitavas da Euro 2016 - Alex Livesey/Getty Images
Jogadores da Inglaterra se lamentam durante derrota para a Islândia nas oitavas da Euro 2016 Imagem: Alex Livesey/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

25/04/2018 04h00

Classificação e Jogos

Já são 51 anos de jejum. Desde que venceu a Copa do Mundo de 1966, a Inglaterra nunca mais comemorou um título de primeira grandeza, ou seja, Mundial e Eurocopa. Tendo uma das ligas mais fortes do mundo, agora o país deve adotar uma medida para tentar diminuir o desgaste de seus jogadores ao fim da temporada, quando os dois torneios são disputados.

A ideia dos ingleses é criar uma pausa de 13 dias no início de fevereiro com o objetivo de compensar o fato de que, nas festas de fim de ano, o Campeonato Inglês tradicionalmente segue normalmente com suas partidas. Assim, enquanto times de outras grandes ligas descansam, os ingleses continuam com seus compromissos normais.

Como boa parte dos jogadores ingleses de primeiro nível atua no campeonato local, a seleção da Inglaterra é a que mais sofre com esse calendário atual. Além disso, as partidas de fim de ano costumam render boas audiências às emissoras que gastam milhões pelos direitos de transmissão, o que dificulta qualquer tentativa de folgar na mesma época das demais ligas.

Assim, a solução pensada pelos dirigentes ingleses foi garantir uma folga de pelo menos 13 dias aos times da primeira e da segunda divisões do Inglês. Na elite, o projeto estipula que enquanto dez times continuam normalmente suas atividades, os outros dez ficam livres de jogos oficiais durante duas semanas “úteis” e no fim de semana entre elas.

No fim de semana seguinte, a escala se inverte: as equipes que folgaram voltam à ativa, enquanto as dez que seguiram jogando desfrutam do descanso. Esse intervalo, inclusive, pode ser superior a 13 dias para alguns times, dependendo do desmembramento da rodada.

Para que isso funcione, a federação inglesa também concordou que a tradicional Copa da Inglaterra terá sua quinta rodada disputada inteiramente durante a semana, liberando um fim de semana crucial para que a pausa de inverno seja possível.

O anúncio ainda não foi feito e, segundo a mídia inglesa, isso deve ocorrer nas próximas semanas. O acordo entre todas as partes, no entanto, já está apalavrado, informam veículos como “The Guardian” e “The Telegraph”.

A pausa parece agradar os principais times do país, mas há quem faça ressalvas: o projeto só faz sentido para os jogadores se os times realmente derem folgas para seus elencos. Uma excursão comercial, por exemplo, já desvirtuaria a ideia de sua essência. Afinal, o grande objetivo da pausa é fortalecer a Inglaterra em Copas do Mundo e Eurocopas.

Copa 2018