PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

CBF acena que poupará atletas do Brasil em lista de últimas datas-Fifa

Gabigol vem sendo convocado por Tite - Lucas Figueiredo/CBF
Gabigol vem sendo convocado por Tite Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

20/10/2021 10h30

A diretoria da CBF sinalizou que os jogadores do Brasil devem ser poupados da convocação da seleção nas últimas datas-Fifa. Ainda não foi batido o martelo sobre o assunto. O aceno da confederação foi feito aos clubes depois de a entidade não ter adiado as rodadas coincidentes com partidas das eliminatórias.

A Espn publicou nesta segunda-feira que existe um debate entre a diretoria da confederação e o técnico Tite. A conversa com o treinador previa que, caso o Brasil estivesse bem posicionado na tabela, poderia se abrir mão dos atletas que atuam no país.

Líder das eliminatórias, a seleção está com 31 pontos, 16 a mais do que o quinto colocado que é o Uruguai. E o Brasil ainda tem um jogo a menos não disputado com a Argentina. Com seis rodadas por jogar, precisaria haver uma catástrofe para o time de Tite não ganhar uma das quatro vagas diretas no Mundial.

Caso fossem convocados, os jogadores desfalcariam os times em duas rodadas do Brasileiro, perto do final da competição. Nas últimas listas, Tite tem chamado Everton e Gabigol, do Flamengo, Weverton, do Palmeiras, e Arana, do Atlético-MG.

Apesar do aceno da CBF, é preciso esperar pela lista do treinador da seleção. A confederação já deu certeza de que adiaria jogos coincidentes das eliminatórias e recuou após pressão de alguns clubes e federações.