PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Goleiro vence The Voice da Bélgica e vai disputar a 'Eurocopa' da música

Jérémie Makiese é goleiro de futebol, mas venceu o The Voice da Bélgica - Divulgação
Jérémie Makiese é goleiro de futebol, mas venceu o The Voice da Bélgica Imagem: Divulgação
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

28/09/2021 04h20

O goleiro belga Jérémie Makiese tem apenas 20 anos e mal iniciou sua carreira como profissional. Mas já está com o passaporte carimbado para realizar um dos seus maiores sonhos: disputar uma Eurocopa.

Só que o torneio continental que o descendente de congoleses vai disputar não é aquele que coloca frente a frente a cada quatro anos nomes como Cristiano Ronaldo, Kylian Mbappé, Robert Lewandowski e Thomas Müller.

Makiese vai disputar a próxima edição do Eurovision, uma espécie de "Eurocopa" da música, que é realizada anualmente desde 1956 e revelou astros como Julio Iglesias, Céline Dion, Olivia Newton-John e a banda sueca Abba.

O goleiro conseguiu a classificação para representar a Bélgica no torneio interpaíses porque venceu neste ano a nona temporada do "The Voice Belgique", programa cuja versão brasileira é exibida há quase uma década pela TV Globo.

Mas o sucesso recém-conquistado como cantor não significa que ele trocou os gramados pelos palcos.

Pouco depois de vencer o "The Voice", Makiese anunciou que assinou o seu primeiro contrato como jogador profissional de futebol e foi contratado pelo Royal Excelsior Virton para disputar a segunda divisão do Campeonato Belga.

Por enquanto, o goleiro e cantor ainda não disputou nenhuma partida oficial por seu novo clube. Até o momento, ele tem treinado e atuado nas categorias de base do clube para ganhar experiência e tentar uma oportunidade na equipe principal.

Administrando duas carreiras simultaneamente, o jovem precisou deixar de lado a terceira opção profissional que tinha em mente. Por isso, pelo menos pelos próximos meses ou anos, a faculdade de geologia que estava cursando antes de entrar no "The Voice" ficará trancada.

Makiese não é o primeiro jogador de futebol a participar de programas musicais na televisão. Aqui no Brasil, o ex-goleiro Jakson Follmann, um dos sobreviventes do acidente aéreo sofrido pela delegação da Chapecoense em 2016, foi o vencedor da terceira temporada do "Popstar", apresentada em 2019 pela Globo.

Recentemente, o ídolo corintiano Marcelinho Carioca também foi visto em um talent show da mesma emissora. Vestido com uma fantasia de coqueiro, ele foi o terceiro eliminado do "The Masked Singer Brasil", ainda em exibição.

Outros nomes importantes do futebol brasileiro também já se arriscaram na carreira de cantor e chegaram a lançar músicas. Pelé, Júnior (lateral da seleção nas Copas do Mundo de 1982 e 1986, que hoje trabalha como comentarista), Ronaldinho Gaúcho e Daniel Alves foram alguns dos astros que, em algum momento, trocaram a bola pelo microfone.

O fenômeno também pode ser visto no exterior. O atacante holandês Memphis Depay, um dos principais nomes do Barcelona, tem uma carreira musical bastante consolidada para quem não vive apenas da música.

Desde 2017, o camisa 9 vem lançando com frequência canções de hip-hop em seu canal no YouTube. No ano passado, ele lançou seu primeiro EP, que conta com nove músicas, quase todas composições próprias.