PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

7 estrangeiros que já podem assinar com clubes brasileiros para 2022

Ex-Manchester United, Nani está em fim de contrato nos EUA - Divulgaçãoi/MLS
Ex-Manchester United, Nani está em fim de contrato nos EUA Imagem: Divulgaçãoi/MLS
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

26/09/2021 04h00

O Campeonato Brasileiro está a pleno vapor, a Libertadores está definindo os seus finalistas e ainda há mais três meses até o fim do ano. Mas, os dirigentes mais espertos já estão pensando lá na frente... na montagem dos seus elencos para 2022.

E eles não estão precipitados. Afinal, já é possível realizar contratações para a próxima temporada. Basta convencer jogadores que estão a menos de seis meses do término dos seus vínculos atuais a assinarem pré-contratos para serem acionados no começo do ano.

O "Blog do Rafael Reis" dá uma forcinha aos cartolas dos clubes brasileiros e apresenta abaixo sete jogadores estrangeiros que estão com contratos no fim e já podem acertar transferências para 2022.

NANI
Meia-atacante
34 anos
Português
Orlando City (EUA)

De vez em quando, os clubes brasileiros se lançam em busca de uma "loucura" no Mercado da Bola e vão atrás de reforços que não têm muito a ver com o perfil do futebol nacional. Pois bem, se alguém deseja pensar fora da caixinha para 2022, Nani pode ser o nome ideal a ser perseguido. Apesar de já ter 34 anos, o português que já foi chamado de "novo Cristiano Ronaldo" e atuou ao lado dele no Manchester United e na seleção (três Eurocopas e Copa do Mundo-2014) tem jogado em alto nível nos Estados Unidos. Só nesta temporada, já marcou nove gols e deu sete assistências na MLS (Major League Soccer). A maior dificuldade deve ser convencê-lo a não renovar com o Orlando City, time no qual é capitão e astro, para tentar a sorte no Brasil. Mas vai que...

CARLOS VELA
Meia-atacante
32 anos
Mexicano
Los Angeles FC (MEX)

Carlos Vela fez uma ótima temporada pelo LAFC - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Outra demonstração de ousadia que os clubes brasileiros podem ter no próximo mês é tentar a contratação do Los Angeles FC. Vela defendeu a seleção mexicana em duas edições da Copa do Mundo (2010 e 2018), já defendeu clubes importantes do cenário europeu, como Arsenal, Real Sociedad e Celta, e é há quatro temporadas um dos protagonistas da MLS. Com o fim do seu contrato na Califórnia, o mexicano tem admitido que gostaria de dar um novo rumo para sua carreira. A opção número um, evidentemente, é retornar para a Europa. Mas jogar em alguma das equipes mais poderosas do Brasil e disputar pela primeira vez a Libertadores também seria uma experiência nova para ele.

RAÚL RUIDÍAZ
Atacante
31 anos
Peruano
Seattle Sounders (EUA)

Raul Ruidíaz (Seattle Sounders) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Outro destaque do futebol norte-americano que poderia dar as caras no Brasil no começo do próximo ano é o atacante da seleção peruana. A diferença é que Ruidíaz já está mais dentro da realidade financeira (e também de percepção de mercado) dos clubes nacionais. O veterano até já passou por aqui, no começo da década, quando vestiu as cores do Coritiba. Mas agora Ruidíaz é um jogador bem mais gabaritado. No Seattle Sounders desde 2018, o peruano foi eleito para a seleção da MLS no ano passado e, na atual temporada, está brigando pela artilharia da competição -com 14 gols marcados, está apenas dois atrás do norueguês Ola Kamara, do DC United.

GUSTAVO BOU
Atacante
31 anos
Argentino
New England Revolution (EUA)

Gustavo Bou (New England Revolution) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

"La Pantera", como é conhecido, já esteve na mira de clubes brasileiros na época em que marcava um gol atrás do outro pelo Racing. Atlético-MG, Internacional, Corinthians e Flamengo foram alguns dos times que procuraram o centroavante depois que ele foi o artilheiro da Libertadores-2015. Seis anos se passaram desde então, e o caminho para contratar Bou está um pouco mais tranquilo. Em dezembro, seu vínculo com o New England Revolution chega ao fim. Ou seja, agora basta convencê-lo a se transferir para o Brasil. Ah, importante, o faro de gol do argentino continua apurado. Na atual temporada da MLS, ele tem superado a marca de uma bola na rede a cada duas partidas.

YOSHIMAR YOTÚN
Meia
31 anos
Peruano
Cruz Azul (MEX)

Yoshimar Yotun, jogador do Peru - Felipe Oliveira/Getty Images - Felipe Oliveira/Getty Images
Imagem: Felipe Oliveira/Getty Images

Assim como Ruidíaz, seu companheiro de seleção peruana, Yotún também teve uma experiência anterior no futebol brasileiro e defendeu o Vasco durante um ano (2013). Só que quase tudo se transformou na carreira do peruano desde então. Para começar, ele deixou a lateral esquerda e virou jogador de meio-campo. Além disso, ganhou experiência internacional e até disputou a Liga dos Campeões da Europa (pelo Malmö, da Suécia). Com o Cruz Azul, clube que defende desde 2019, Yotún já conquistou quatro títulos. A equipe mexicana deseja renovar seu contrato, só que a extensão do vínculo ainda não foi assinada, o que ainda torna o meio-campista disponível para ouvir outras propostas.

PEDRO VELASCO
Lateral direito
28 anos
Equatoriano
Barcelona de Guayaquil (EQU)

29.jan.2020 - Pedro Velasco comemora gol do Barcelona, do Equador, contra o Progreso, do Uruguai, pela primeira fase da Copa Libertadores da América - Rodrigo Buendia/AFP - Rodrigo Buendia/AFP
Imagem: Rodrigo Buendia/AFP

Com experiência de mais de três anos defendendo a seleção do Equador, o lateral era um dos principais nomes do Barcelona de Guayaquil, time que se tornou sensação desta edição da Libertadores e único não-brasileiro que alcançou as semifinais. Só que Velasco sofreu uma grave lesão no tendão de Aquiles lá em março, precisou ser operado e ainda não retornou aos gramados. Como seu contrato com a equipe equatoriana termina na virada do ano, existe a chance de ele nem mais voltar a vestir a camisa do Barça sul-americano. Por conta dos problemas físicos, investir em Velasco neste momento seria uma aposta arriscada, mas que pode acabar sendo muito bem sucedida dependendo de como ele retornar às atividades.

BRIAN OCAMPO
Meia-atacante
22 anos
Uruguaio
Nacional (URU)

Brian Ocampo (Nacional) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Um dos melhores nomes da nova geração uruguaia, o meia-atacante já conquistou dois títulos nacionais e estreou pela seleção principal durante a última Copa América. Mesmo com grande potencial para o futuro, Ocampo pode acabar deixando o Nacional gratuitamente na virada do ano. A equipe de Montevidéu já iniciou os contatos com o estafe do jogador, mas sabe que ele só permanecerá no Uruguai se não descolar uma proposta mais interessante do exterior. Recentemente, o Internacional chegou a especular sua contratação. Agora, com a possibilidade de contratá-lo sem custo, talvez outros clubes brasileiros decidem ingressar nessa disputa.