PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

7 ex-jogadores do Palmeiras que hoje fazem sucesso no exterior

Gabriel Jesus começou no Palmeiras e hoje brilha no Manchester City - Visionhaus/Visionhaus/Getty Images
Gabriel Jesus começou no Palmeiras e hoje brilha no Manchester City Imagem: Visionhaus/Visionhaus/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

23/09/2021 04h20

O futebol brasileiro é cada vez mais um grande exportador de talentos. Boa parte dos jogadores que chegam aos grandes clubes do país já assina contrato pensando lá na frente, em uma possível transferência para o exterior.

Por isso, é muito normal que o torcedor das equipes nacionais transforme um atleta em ídolo e continue acompanhando sua carreira depois que ele deixa nossas fronteiras para jogar na Europa ou na Ásia.

Pensando nisso, o "Blog do Rafael Reis" inicia hoje (23) uma nova seção com os jogadores que vestiram a camisa dos maiores clubes do Brasil e que estão fazendo sucesso em algum canto do planeta.

Para começar, mostramos sete atletas que defenderam recentemente o Palmeiras (alguns com trajetórias de sucesso, e outros nem tanto assim) e que hoje se destacam no cenário do futebol internacional.

GABRIEL JESUS
Atacante
24 anos
Brasileiro
Manchester City (ING)

Principal nome revelado pelas categorias de base do Palmeiras na década passada, foi campeão da Copa do Brasil em 2015 e do Campeonato Brasileiro em 2016 pelo clube e ainda detém o recorde de maior venda da história alviverde (32 milhões de euros, ou R$ 198 milhões, na cotação atual). No Manchester City há quatro anos e meio, Gabriel Jesus virou um atacante completamente adaptado à filosofia de jogo de Pep Guardiola e, mesmo sem ser titular absoluto, já marcou mais de 80 gols. Pela seleção brasileira, foi campeão olímpico na Rio-2016 e disputou a Copa do Mundo da Rússia-2018. Um dos homens de confiança de Tite, é o atual dono da camisa 9 canarinho.

ARTHUR CABRAL
Atacante
23 anos
Brasileiro
Basel (SUI)

Atacante Arthur Cabral comemora gol marcado pelo Basel no Campeonato Suíço - RvS.Media/Basile Barbey/Getty Images - RvS.Media/Basile Barbey/Getty Images
Imagem: RvS.Media/Basile Barbey/Getty Images

Pouco utilizado por Luiz Felipe Scolari nos oito meses em que defendeu o Palmeiras (janeiro a agosto de 2019), transformou-se em um dos maiores fazedores de gols brasileiros no Velho Continente. Na temporada passada, marcou 20 vezes pelo Basel e foi o jogador nascido no país do futebol que mais balançou as redes em todo o futebol europeu. Em 2021/2022, Arthur Cabral está ainda mais afiado e tem média superior a um gol por partida (16 tentos em só 13 jogos oficiais). Com todo esse sucesso e com idade suficiente para continuar evoluindo no cenário internacional, o centroavante paraibano não deve ter vida longa na Suíça. O mais provável é que logo ele apareça em alguma das ligas nacionais mais importantes do planeta.

YERRY MINA
Zagueiro
26 anos
Colombiano
Everton (ING)

Mina marcou o gol da vitória do Everton sobre o Arsenal - CLIVE BRUNSKILL/AFP - CLIVE BRUNSKILL/AFP
Imagem: CLIVE BRUNSKILL/AFP

Um dos principais destaques estrangeiros que passaram pelo clube alviverde nos últimos anos, o zagueiro foi peça importante na conquista do título brasileiro de 2016 e, um ano depois, fez as malas rumo à Europa. Contratado pelo Barcelona, teve poucas chances no gigante catalão, mas logo encontrou refúgio na Premier League inglesa, o campeonato nacional mais rico e badalado do planeta. Mina está desde o segundo semestre de 2018 no Everton e é titular incontestável da tradicional equipe de Liverpool. Ele também continua firme como um dos nomes mais importantes da seleção colombiana, pela qual disputou a última Copa do Mundo e já foi duas vezes terceiro colocado da Copa América.

MATÍAS VIÑA
Lateral esquerdo
23 anos
Uruguaio
Roma (ITA)

Uruguaio Matías Viña trocou o Palmeiras pela Roma - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Dono da lateral esquerda alviverde nos três títulos da temporada passada (Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), Viña era jogador do Palmeiras até esses dias. O uruguaio foi negociado com a Roma há menos de dois meses e não precisou de tempo nenhum de adaptação ao futebol italiano. Aproveitando-se da contusão sofrida por Leonardo Spinazzola, um dos destaques da última Eurocopa, já chegou ao Calcio sendo escalado como titular. E logo caiu nas graças do técnico José Mourinho, virou um nome importante no apoio ao ataque e começou a distribuir passes para gol.

VITOR HUGO
Zagueiro
30 anos
Brasileiro
Trabzonspor (TUR)

Vitor Hugo (Trabzonspor) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Companheiro de zaga de Mina no time que foi campeão brasileiro em 2016, Vitor Hugo teve uma segunda passagem pelo Palmeiras entre 2019 e 2020 que não foi tão boa assim (passou a maior parte do tempo sentado no banco de reservas). Mas, depois que se transferiu para a Turquia, recolocou sua carreira no rumo certo e voltou a se destacar. Na sua temporada de estreia pelo Trabzonspor, estabeleceu-se como titular e foi quarto colocado no campeonato nacional. Agora, as coisas estão ainda melhor para o brasileiro, que continua sendo peça essencial do time e está apenas um ponto atrás do líder da Superliga, o Besiktas.

ANDREI GIROTTO
Volante
29 anos
Brasileiro
Nantes (FRA)

Andrei Girotto fez o gol da vitória do Nantes neste sábado (16) - AFP PHOTO / DAMIEN MEYER - AFP PHOTO / DAMIEN MEYER
Imagem: AFP PHOTO / DAMIEN MEYER

Outro caso de jogador que, assim como Arthur Cabral, não era muito valorizado no Palmeiras, mas que se tornou um nome bem mais expressivo depois que se mudou para o exterior. Girotto fez parte do elenco alviverde em 2015, mas só disputou 12 partidas oficiais pelo clube. Em 2017, transferiu-se para o Nantes, tradicional clube francês que chegou a passar pela segunda divisão e estava se reestabelecendo de volta na elite. Girotto iniciou sua trajetória na Ligue 1 se alternando entre o time titular e o banco, mas logo consolidou seu espaço. Atualmente, é um curinga que pode jogar como volante ou zagueiro. Na temporada passada, até emendou uma sequência de partidas como capitão da equipe.

LEANDRO
Atacante
28 anos
Brasileiro
FC Tokyo (JAP)

Leandro, ex-Grêmio e Palmeiras, brilhou na final da Copa da Liga Japonesa pelo FC Tokyo - Takuya Kaneko/Soccer Digest - Takuya Kaneko/Soccer Digest
Imagem: Takuya Kaneko/Soccer Digest

Formado no Grêmio, chegou ao Palmeiras em 2013 para a disputa da Série B do Brasileiro e teve um início tão bom na equipe alviverde que chegou a ser convocado para a seleção. Só que Leandro não conseguiu manter esse alto nível por muito tempo e logo começou a rodar por outros clubes (foi emprestado a Santos e Coritiba). Em 2017, deu um novo rumo à carreira ao se transferir para o Japão. E, certamente, não se arrependeu dessa decisão. Com o Kashima Antlers, venceu a Liga dos Campeões da Ásia. Já no FC Tokyo, time que defende desde o ano passado, é o vice-artilheiro da temporada (nove gols) e está nas semifinais da Copa da Liga Japonesa (competição em que foi MVP em 2020).