PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

7 jogadores que vão embora do Brasil nesta janela de transferências

Gerson recebe abraço durante seu último jogo pelo Flamengo, que o negociou no mercado da bola - Jorge Rodrigues/AGIF
Gerson recebe abraço durante seu último jogo pelo Flamengo, que o negociou no mercado da bola Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

30/06/2021 04h20

Chegou a hora das despedidas no futebol brasileiro. Com a abertura da janela de transferências dos principais campeonatos nacionais da Europa, vários jogadores que atuam em clubes importantes do país pentacampeão mundial estão indo embora.

Esses atletas pertencem a dois grupos: os que acabaram de ser negociados com times do exterior e os que estavam emprestados, não tiveram seus direitos econômicos comprados e agora precisam retornar a suas equipes de origem.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete jogadores da primeira divisão nacional que não vão continuar aqui no Brasil (pelo menos, não nos clubes que estavam defendendo) para o segundo semestre.

GERSON
Meia
24 anos
Flamengo

Um dos nomes mais importantes do Flamengo que conquistou os dois últimos títulos nacionais e se firmou como o time a ser batido no país, o meio-campista até já se despediu do Ninho do Urubu. Gerson foi negociado com o Olympique de Marselha por 25 milhões de euros (R$ 147 milhões), quinta maior transação da atual janela de transferências em todo o planeta, e deve se apresentar nos próximos dias ao técnico Jorge Sampaoli, que o conheceu enquanto trabalhava no Brasil à frente de Santos e Atlético-MG. Isso porque, de acordo com o jornal francês "L'Équipe", o treinador argentino não pretende liberar seu principal reforço da temporada para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo mês.

PEPÊ
Meia-atacante
24 anos
Grêmio

Pepe comemora após abrir o placar para o Grêmio no duelo com a Universidad Catolica - Alexandre Schneider/Getty Images - Alexandre Schneider/Getty Images
Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images

Um dos destaques do Grêmio no ano passado, o rápido e habilidoso ponta foi negociado com o Porto ainda em fevereiro. No entanto, Pepê ganhou mais alguns meses de Brasil porque a transação só pode ser concluída depois da abertura da janela, no meio do ano. Só que o jogador, negociado por 15 milhões de euros (R$ 88 milhões), pouco foi aproveitado depois do acordo sobre sua venda e da virada da temporada nacional. O meia-atacante já está em Portugal e agora espera o fim do período de 14 dias de isolamento social necessário por conta da pandemia da covid-19 para poder ser apresentado oficialmente pelo novo time.

ALAN EMPEREUR
Zagueiro
27 anos
Palmeiras

Alan Empereur agradece aos céus após classificação do Palmeiras à final da Libertadores - AMANDA PEROBELLI / POOL / AFP - AMANDA PEROBELLI / POOL / AFP
Imagem: AMANDA PEROBELLI / POOL / AFP

Apesar de nunca ter realmente se firmado como titular do Palmeiras, o zagueiro foi bastante aproveitado na reta final das vitoriosas campanhas da Libertadores e da Copa do Brasil do ano passado. No entanto, uma série de problemas físicos e a ascensão do garoto Renan fizeram com quem Empereur perdesse espaço na equipe alviverde. Com isso, o Palmeiras acabou não acionando a cláusula de compra dos direitos econômicos existente no vínculo de empréstimo do jogador, que retornará ao Hellas Verona, décimo colocado no último Campeonato Italiano, com quem tem contrato por mais um ano.

RAMIRO
Meia
28 anos
Corinthians

Ramiro pode estar de saída do Corinthians  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Campeão da Libertadores pelo Grêmio em 2017, o polivalente meio-campista não conseguiu repetir no Corinthians o mesmo nível de desempenho que havia alcançado no início de sua carreira. Contratado em 2019, Ramiro até teve alguns momentos legais no futebol paulista, mas sucumbiu junto com a instabilidade da equipe alvinegra. Emprestado por um ano para o Al Wasl, time dos Emirados Árabes onde será treinado pelo brasileiro Odair Hellmann, o meia já vinha perdendo espaço com Sylvinho e estava ficando mais como opção no banco de reservas do que sendo escalado como titular.

FELIPE VIZEU
Atacante
24 anos
Ceará

Felipe Vizeu comemora gol pelo Ceará contra o Atlético-MG, em jogo do Brasileirão - Kely Pereira/AGIF - Kely Pereira/AGIF
Imagem: Kely Pereira/AGIF

Um dos nomes mais conhecidos do elenco do Ceará, o ex-centroavante de Flamengo e Grêmio não conseguiu deslanchar ao longo dos oito meses em que defendeu time alvinegro. Por isso, os nordestinos não fizeram nenhuma questão de negociar com a Udinese uma possível prorrogação do seu contrato de empréstimo ou mesmo a compra dos direitos econômicos. Assim, Felipe Vizeu será novamente jogador da equipe italiana a partir de amanhã. No entanto, é pouco provável que ele fique por lá nesta temporada. O mais provável é que a Udinese arrume um outro clube, no Brasil ou no exterior, para o atacante jogar no segundo semestre.

THULER
Zagueiro
22 anos
Flamengo

Thuler é pressionado por Brenner no jogo entre São Paulo e Flamengo no Morumbi - Alexandre Vidal/Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo
Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Gerson pode ser a mais importante, mas não é a única baixa do elenco comandado por Rogério Ceni para a sequência da temporada. Cria das categorias de base, o zagueiro Matheus Thuler também está de mudança para a França. A diferença é que, pelo menos por enquanto, sua ida para a Ligue 1 não é definitiva. O defensor, que não vinha sendo aproveitado nos últimos meses, foi emprestado por um ano ao Montpellier. Caso gostem do futebol do garoto, os franceses terão de desembolsar mais 2,5 milhões de euros (R$ 14,8 milhões) para que ele permaneça no clube depois desse período.

JAN HURTADO
Atacante
21 anos
Red Bull Bragantino

Jan Hurtado (Red Bull Bragantino) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O elenco surpreendente líder do Campeonato Brasileiro também será desfalcado pela janela de transferências. O atacante Jan Hurtado nem retornou ao Bragantino depois da eliminação da seleção venezuelana na fase de grupos da Copa América. Afinal, seu empréstimo à equipe administrada pela Red Bull chega hoje ao fim. Como os brasileiros não vão exercer a opção de compra de US$ 5,5 milhões (R$ 27,2 milhões) estipulada no contrato, o jovem centroavante retornará ao Boca Juniors, que ainda terá de decidir se o anexará ao seu grupo de jogadores ou se buscará um outro clube para que ele continue o seu desenvolvimento técnico.