PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

7 jogadores da Copa América para seu time contratar depois da competição

Fabián Balbuena, da seleção paraguaia, está de saída do West Ham - Reprodução
Fabián Balbuena, da seleção paraguaia, está de saída do West Ham Imagem: Reprodução
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

16/06/2021 04h20

A Copa América é um estorvo no calendário dos clubes brasileiros. Os principais times do país cederam alguns dos seus melhores jogadores para as diferentes seleções que disputam a competição e agora estão tendo se de virar sem seus destaques.

Mas o torneio continental também tem um lado positivo. Trata-se de uma ótima oportunidade para os dirigentes das equipes daqui conhecerem, ou melhor analisarem, alguns jogadores que podem ser opções de reforços para o segundo semestre.

Por isso, o "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete atletas estrangeiros da Copa América que estão (ou que deveriam estar) na lista de compras de clubes brasileiros para a sequência da temporada.

FABIÁN BALBUENA
Zagueiro
29 anos
West Ham (ING)
Paraguai

Apesar de não estar vivendo o melhor momento de sua carreira e de atualmente frequentar o banco de reservas da seleção paraguaia, o zagueiro tem um moral enorme por aqui. Balbuena foi um dos destaques do Corinthians na conquista do Campeonato Brasileiro de 2017 e sempre é lembrado como um dos melhores defensores que passaram pelo país nos últimos tempos. Por isso, a notícia de que ele não renovará com o West Ham e deixará o clube inglês gratuitamente nesta janela de transferências fez brilhar os olhos dos torcedores de Flamengo e Palmeiras, os times que pensaram (ou pensam) na possibilidade de contratá-lo. Mas quem quiser trazer Balbuena de volta ao Brasil terá de disputá-lo com o mercado europeu. De acordo com o jornal "As", o Betis, da Espanha, também está na briga pelo paraguaio.

RAFAEL SANTOS BORRÉ
Atacante
25 anos
River Plate (ARG)
Colômbia

Rafael Santos Borré (Colômbia) - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Talvez o grande sonho do futebol brasileiro nesta temporada, o centroavante da seleção colombiana teve um longo namoro com o Palmeiras no começo do ano e chegou a ser tratado como reforço quase certo pelo Grêmio logo na sequência. Ambos acabaram desistindo de Borré devido às pesadas exigências financeiras feitas pelo atacante. Borré não voltará ao River Plate depois da Copa América, já que seu contrato termina no dia 30, e tampouco decidiu qual será seu próximo clube. A preferência do jogador é descolar uma transferência para algum time importante da Europa. Mas se essa possibilidade não se concretizar, é bem capaz que ele volte a negociar com sul-americanos. E, dentro desse cenário, o São Paulo é a equipe brasileira que continua com o jogador na mira.

GIOVANNI GONZÁLEZ
Lateral direito
26 anos
Peñarol (URU)
Uruguai

Giovanni González (Uruguai) - Divulgaçãoi - Divulgaçãoi
Imagem: Divulgaçãoi

Encontrar bons laterais direitos no mercado sul-americano tem sido tarefa das mais inglórias. Em meio a essa escassez de talentos na posição, González é uma das melhores alternativas que cabem dentro do orçamento dos principais clubes do brasileiro. O camisa 20 do Peñarol é daqueles laterais que se destacam mais no apoio do que na defesa, tanto que já distribuiu três assistências só nesta edição da Sul-Americana e pode eventualmente ser utilizado como meio-campista. Cada vez mais importante também na seleção, o uruguaio foi titular na última rodada dupla das eliminatórias da Copa do Mundo-2022 e também deve começar jogando na Copa América.

PABLO GALDAMES
Volante
24 anos
Vélez Sarsfield (ARG)
Chile

Pablo Galdames (Chile) - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Um dos melhores nomes da nova safra do futebol chileno, o volante ainda não é titular absoluto da seleção, mas já vem sendo aproveitado nas partidas mais importantes (entrou no finalzinho do empate por 1 a 1 contra a Argentina, na estreia na Copa América). Apesar de jogar logo à frente da defesa, Galdames é um meio-campista mais técnico, que aprecia o bom passe, gosta de se lançar ao ataque e até se arrisca nas cobranças de falta. Seu contrato com o Vélez acaba no fim do mês. Ou seja, é possível contratar o chileno sem ter de pagar por seus direitos econômicos. É claro que ele pretende utilizar a Copa América como vitrine para uma eventual transferência para Europa. Por isso, é bom os dirigentes brasileiros não deixarem para amanhã o início das negociações pelo jogador.

ÁNGEL ROMERO
Atacante
28 anos
San Lorenzo (ARG)
Paraguai

Ángel Romero comemora boa estreia pelo Paraguai na Copa América em vitória sobre a Bolívia - Pedro Vilela/Getty Images - Pedro Vilela/Getty Images
Imagem: Pedro Vilela/Getty Images

Esqueça aquele jogador que se destacava no Corinthians principalmente por se "matar" em campo e marcar laterais adversários. Dois anos depois de deixar o futebol brasileiro para jogar no San Lorenzo, Romero se transformou em um atacante completo. O paraguaio continua um excelente cumpridor de funções táticas, mas agora também sabe jogar dentro da área e descobriu os caminhos mais curtos para balançar as redes. Não à toa, marcou seis gols nos últimos sete jogos pela seleção paraguaia (dois deles na primeira rodada da Copa América, contra a Bolívia). Mais experimentado e versátil, Romero poderia ajudar bastante o clube brasileiro que decidisse resgatá-lo da Argentina.

FACUNDO TORRES
Meia-atacante
21 anos
Peñarol (URU)
Uruguai

Facundo Torres (Uruguai) - Sandro Pereyra/Getty Images - Sandro Pereyra/Getty Images
Imagem: Sandro Pereyra/Getty Images

Depois de aterrorizar o Corinthians na Sul-Americana, o camisa 10 do Peñarol recebeu no começo do mês as primeiras convocações para a seleção uruguaia principal. Utilizado nos dois jogos das eliminatórias (contra Paraguai e Venezuela), Torres garantiu vaga também na disputa da Copa América. Canhoto, a revelação da equipe comandada por Óscar Tabárez é daqueles atacantes de lado que infernizam os laterais adversários, com uma combinação de velocidade, drible e visão de jogo. O garoto ainda exagera nas jogadas individuais e, por conta disso, perde muitas bolas. Mas é uma pedra preciosa a ser lapidada pelo clube que contratá-lo. E é bom que algum clube corra logo atrás desse diamante porque os europeus não devem demorar para descobri-lo.

OMAR ALDERETE
Zagueiro
24 anos
Hertha Berlim (ALE)
Paraguai

Alderete (Paraguai) - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Balbuena não é o único zagueiro paraguaio que poderia desembarcar no Brasil depois da Copa América para fazer companhia a Gustavo Gómez (Palmeiras) e Júnior Alonso (Atlético-MG). Alderete joga na Europa, mas não teve uma temporada tão boa assim no Hertha Berlim e passou boa parte dos últimos meses sentado no banco de reservas. Por isso, ser emprestado (ou até negociado em definitivo) com um clube brasileiro pode ser um plano interessante para a sequência de sua carreira. Apesar de atuar preferencialmente no miolo de zaga, o paraguaio tem bons recursos técnicos e chuta bem de média distância. Por isso, também é eventualmente utilizado como lateral esquerdo.