PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Em noite de Ganso no Flu, Bangu chama atenção com polêmica em 1985

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/02/2019 12h00

Os holofotes estão todos voltados para a estreia de Paulo Henrique Ganso, que veste hoje pela primeira vez a camisa do Fluminense, diante do Bangu, às 21h, no Maracanã. Em meio à badalação pelo camisa 10, no entanto, o Alvirrubro resolveu tirar uma casquinha do rival e chamar um pouquinho das atenções para si.

Desde quarta-feira, o clube da Zona Oeste usou diferentes canais para recordar a decisão do Campeonato Carioca de 1985. Na ocasião, Flu, Bangu e Flamengo disputaram um triangular que apontaria o campeão. No encontro entre banguenses e tricolores, um suposto pênalti de Vica em Claudio Adão, aos 46 minutos do segundo tempo, foi ignorado pelo juiz José Roberto Wright. Com 2 a 1 contra no placar, a equipe levantaria naquela noite o caneco em caso de empate. Com o revés, a taça foi para as Laranjeiras. Como forma de recordar o título perdido, a hashtag #jogapor85 foi usada nas redes alvirrubras. 

"Aquilo ali foi um absurdo, falha do bandeirinha e do Wright. O Bangu tinha um time maravilhoso, um ataque maravilhoso. Fui o artilheiro do campeonato, mas não ganhamos por esse desastre que aconteceu em 85. Foi uma loucura, saiu briga do segurança do Castor (de Andrade, ex-presidente do clube) com o Wright. Foi um roubo que eu nunca vi no futebol", relembrou Adão ao canal do Bangu no Youtube.

Alheios ao que aconteceu no passado, os jogadores do Flu se preparam para voltar a campo após dias tumultuados no clube. Depois da perda da Taça Guanabara para o Vasco, o elenco paralisou as atividades por um dia por conta de atrasos salariais. Ainda sem solução para o caso, o grupo voltou a campo para cumprir o cronograma de treinos.

Para o jogo de hoje, o técnico Fernando Diniz terá, além da estreia de Ganso, o possível retorno de Gilberto, que está longe dos gramados desde agosto de 2018. Recuperado de um edema ósseo, o jogador está à disposição do comandante.

"Com a entrada do Ganso, claro que ganharemos um toque mais refinado e esperamos que a equipe dê um salto de qualidade. Ele já está agregando. O Gilberto tem treinado constantemente, temos avaliado junto com o restante da comissão se vale a pena ele iniciar", disse Diniz.

Se deve contar com dois reforços importantes no Maracanã, o Tricolor tem baixas para esta noite. Expulsos contra o Vasco, Luciano e Airton estão fora. Diniz ressaltou a necessidade de conjunto, mas disse que os jogadores estão sendo bem municiados para darem conta do recado:

"O entrosamento é uma coisa que preocupa um pouco mais agora, mas está todo mundo recebendo informação nos treinamentos".

Por mais que tenha "provocado" o Tricolor, o Bangu foi favorável à mudança do local da partida, que estava anteriormente agendada para Moça Bonita. Para a "revanche" desta noite, a expectativa é que ao menos 20 mil torcedores estejam presentes.

FICHA TÉCNICA
BANGU X  FLUMINENSE


Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos   
AuxiliaresMarcus Vinicius Machado Araújo Brandão e Fabiana Nobrega Pitta

Bangu
Jefferson Paulino; Kelvin, Anderson Penna, Michel, Diyeson; Josiel, Serginho, Marcos Júnior, Robinho; Pingo e Anderson Lessa. Técnico: Alfredo Sampaio

Fluminense
Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Digão e Marlon; Caio Henrique, Bruno Silva, Daniel e Ganso; Everaldo e Yony Gonzalez. Técnico: Fernando Diniz
 

Fluminense