PUBLICIDADE
Topo

Valtteri Bottas lidera os dois treinos e Mercedes domina sexta na Rússia

Valtteri Bottas, da Mercedes, nos treinos livres para o GP da Rússia - LAT Images/ Divulgação
Valtteri Bottas, da Mercedes, nos treinos livres para o GP da Rússia Imagem: LAT Images/ Divulgação
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

25/09/2020 10h29

Sempre com um desempenho forte na pista de Sochi, Valtteri Bottas liderou as duas sessões treinos livres para o GP da Rússia, fechando o dia com o tempo de 1min33s519 e uma vantagem de 267 milésimos para o companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton. O inglês voltou a ter um rendimento normal depois de ter sido penúltimo na primeira sessão, em que focou mais na preparação para a corrida deste domingo, na qual pode igualar Michael Schumacher em número de vitórias na Fórmula 1.

Bottas e Hamilton sobraram na sexta-feira de treinos livres, colocando mais de um segundo no rival mais próximo, que foi Daniel Ricciardo, da Renault, lembrando que a Mercedes nunca perdeu corrida em Sochi em seis edições da prova. O australiano já tinha ficado no top 3 na primeira sessão do dia. E a decepção ficou por conta da Red Bull, que não pareceu buscar o rendimento máximo e ficou com o sétimo tempo mais rápido do dia, com Max Verstappen, e com o 12º lugar com Alex Albon. A Honda, que fornece motores para a Red Bull, no entanto, acredita que solucionou o problema que atrapalhou Verstappen na última corrida, em Mugello, há duas semanas.

A pista de Sochi, que não é muito utilizada ao longo do ano, melhorou bastante da primeira sessão, disputada pela manhã na Rússia, para a segunda. Pela manhã, vários pilotos saíram da pista e Carlos Sainz e Nicholas Latifi encontraram o muro. Isso porque faltava bastante aderência no asfalto. À tarde, houve algumas escapadas, até mesmo de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, mas mais porque os pilotos buscavam o limite nas simulações de corrida, já com os pneus mais desgastados.

Durante o treino livre, a F1 confirmou a chegada de Stefano Domenicali como CEO da categoria no lugar de Chase Carey. O ex-chefe da Ferrari vai assumir o cargo no início de janeiro.

Os carros voltam à pista no sábado para a terceira sessão de treinos livres a partir das 6h da manhã, pelo horário de Brasília. A classificação começa às 9h e a corrida tem horário diferente, começando às 8h10 no domingo.

Confira a classificação do 2º treino livre do GP da Rússia
1º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min33s519
2º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +0s267
3º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +1s058
4º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +1s204
Lando Norris (ING/McLaren) - +1s328
6º Sergio Perez (MEX/Racing Point) - +1s371
7º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +1s529
8º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +1s533
Esteban Ocon (FRA/Renault) - +1s620
10º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s664
11º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +1s691
12º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +1s723
13º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s942
14º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +1s997
15º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s044
16º George Russell (ING/Williams) - +2s056
17º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) +2s108
18º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +2s210
19º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +2s534
20º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +3s339

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.