PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Skatista Sky Brown estreia no surfe, mas não passa das eliminatórias em SC

Sky Brown estreou no surfe - Reuters
Sky Brown estreou no surfe Imagem: Reuters
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

11/11/2021 12h16

Uma das mais importantes skatistas da atualidade, a britânica Sky Brown fez hoje (11) sua estreia no surfe profissional, na Praia Mole, em Florianópolis (SC), em um torneio de acesso ao circuito mundial. Mas a jovem de apenas 13 anos, medalhista de bronze no skate park nas Olimpíadas de Tóquio, não passou da primeira fase eliminatória. Terminou na 25ª colocação.

Sky, que mora no Japão e foi campeã dos X-Games no ano passado, quer se tornar a primeira pessoa com uma carreira consolidada no surfe e no skate, classificando-se para a próxima Olimpíada, na França, nessas duas modalidades. Seria também um fato inédito, até porque esses dois esportes só foram disputados nos Jogos de Tóquio.

A jovem skatista veio ao Brasil para sua estreia, mas foi eliminada logo na primeira bateria do QS 1.000 de Florianópolis. Ela até acertou uma onda de nota 4,0, mas foi punida por interferir na onda de uma adversária e perdeu sua segunda melhor nota. Terminou com 4,00 pontos, em quarto e último lugar de uma bateria que teve a peruana Sol Aguirre (9,00) em primeiro, a brasileira Julia Santos (8,93) em segundo e a chilena Paloma Santos (6,17) em terceiro, também eliminada.

O torneio na Praia Mole tem outras jovens atrações. Sophia Medina somou 10,24 pontos e venceu sua bateria de primeira rodada, superando inclusive a experiente Summer Macedo (9,30), que também avançou. Bela Nalu, conhecida pela série Nalu Pelo Mundo, protagonizada por ela desde que era criancinha, também avançou, com 8,97, sem segundo em sua bateria. É a estreia dela no surfe profissional. A olímpica Tatiana Lima ficou na primeira rodada.