PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Julio Gomes


Palpites na Champions League: zebras nas oitavas, favoritos nas semis

Julio Gomes

Julio Gomes é jornalista esportivo desde que nasceu. Mas ganha para isso desde 1998, quando começou a carreira no UOL, onde foi editor de Esporte e trabalhou até 2003. Viveu por mais de 5 anos na Europa - a maior parte do tempo em Madrid, mas também em Londres, Paris e Lisboa. Neste período, estudou, foi correspondente da TV e Rádio Bandeirantes e comentarista do Canal+ espanhol, entre outras publicações europeias. Após a volta para a terrinha natal, foi editor-chefe de mídias digitais e comentarista da ESPN e também editor-chefe da BBC Brasil. Já cobriu cinco Copas do Mundo e, desde 2013, está de volta à primeira das casas.

10/07/2020 12h00

Saiu o sorteio da Champions League. Agora, é tudo "mata". Jogos únicos que definirão os quatro últimos quadrifinalistas, aí partem todos a Lisboa e fazem jogos únicos até o título. O caminho está todo definido e aqui vão meus palpites.

Nas oitavas de final, os dois melhores times da Europa confirmarão os resultados construídos na ida.

O Manchester City está anos luz à frente do Real Madrid em termos de futebol. Na ida, no Bernabéu, poderia ter goleado, mas venceu só por 2 a 1. Deve ser suficiente para garantir a passagem às quartas. Já o Bayern de Munique meteu 3 a 0 no Chelsea, em Londres, e tampouco terá problemas para avançar.

Nos outros dois duelos, acredito em zebras.

O Lyon venceu a Juventus por 1 a 0 na ida. É verdade que chegará sem ritmo de jogo à volta, em Turim, mas às vezes é melhor isso do que chegar com interrogações, como a Juve - que acaba de levar uma virada surreal do Milan. A Juventus será campeã italiana de novo, mas não inspira tanta confiança, mesmo com Cristiano Ronaldo em campo.

Será que Sarri colocará Buffon no gol na hora H? Aposto que não. Mas deveria. Palpite: 2 a 1 em Turim, passa o Lyon.

E Napoli e Barcelona ficaram no 1 a 1 na ida, em jogo que poderia ter sido vencido pelos italianos. O Barcelona está jogando rigorosamente nada. Sem confiança, sem união, sem título espanhol. Claro que quando se tem Messi e Suárez em campo, tudo pode acontecer. O Barça pode fazer quatro jogaços e ser campeão. Ou pode nem ganhar do Napoli o jogo de volta e ser logo eliminado - é meu palpite ousado.

Passe quem passe, cairá nas quartas para os favoritos.

O Manchester City, de Guardiola, enfrentaria Lyon ou Juve. E o Bayern de Munique pegaria Napoli ou Barça.

Acredito muito em uma semifinal entre Guardiola e seu ex-time, o que seria uma "final antecipada" por reunir os dois melhores.

Do outro lado da chave, também aposto nos favoritos. A Atalanta é perigosa, tem um grande ataque, coração, é a favorita de todo mundo por ser a camisa menos pesada e por tudo o que aconteceu em Bérgamo. Agora, se o PSG desperdiçar essa chance, pode fechar as portas...

O Paris vivia um ótimo ano de Neymar e havia conseguido uma grande classificação em cima do Borussia Dortmund, já com portões fechados. Terá disputado duas finais de Copas na França logo antes da volta da Champions, isso já é suficiente para recuperar o ritmo de jogo e competição. O PSG é muito favorito contra a Atalanta.

Assim como o Atlético de Madrid contra o Leipzig. Mas aqui há uma pegadinha. O time de Simeone é muito mais competente em jogos em que não carrega o favoritismo. Quando pode se defender, contra atacar, quando mantém o foco a 200% o tempo todo, como fez contra o Liverpool. O Leipzig não encheu os olhos no retorno da Bundesliga, mas é logicamente um bom time de futebol e pode surpreender.

Fico com o Atlético para passar... nos pênaltis!

Paris x Atlético, City x Bayern. São as minhas semifinais.

A partir daí, deixo os palpites para vocês!

*

Julio Gomes