PUBLICIDADE
Topo

Futebol pelo mundo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Por que Mbappé luta para deixar o PSG mesmo após a chegada de Messi?

Lionel Messi e Kylian Mbappé conversam durante atividade do PSG - Reprodução/Instagram
Lionel Messi e Kylian Mbappé conversam durante atividade do PSG Imagem: Reprodução/Instagram
João Henrique Marques

Jornalista desde 2005, passou por Lance ! e Terra. É correspondente do UOL Esporte na Europa desde 2013, com base em Barcelona e depois Paris. Cobriu Copa do Mundo, Eurocopa e cinco finais de Liga dos Campeões.

Colunista do UOL

24/08/2021 10h50

Nem mesmo a chegada de Lionel Messi tirou o desejo de Kylian Mbappé de deixar o Paris Saint-Germain. Sem alarde, o atacante já deixou claro a dirigentes que prefere sair do clube nesta janela de transferências, que se encerra na próxima terça-feira (31). Porém, acredita que seu desejo está longe de ser atendido.

Aos 22 anos, Mbappé avalia que seu ciclo no futebol francês já está concluído. O esperado trio com Messi e Neymar ainda não o seduz o suficiente para fazê-lo mudar de opinião. O Real Madrid é hoje considerado seu destino mais provável, mas Manchester City e Liverpool também são tratados como possibilidades.

O UOL Esporte preparou uma lista com os motivos que fazem Mbappé e seu entorno desejarem o fim da parceria com o PSG. Confira:

Foco na Bola de Ouro faz Mbappé não querer dividir protagonismo

Aos 22 anos, Mbappé já se vê em condições de ser eleito o melhor jogador do mundo e não quer perder tempo. Pensando na premiação individual, ele acredita que dividir holofotes com Messi e Neymar pode até mesmo atrapalhá-lo.

O jogador relata a pessoas próximas que o dia a dia com o argentino é prazeroso, mas sabe que ao lado dele não será protagonista como gostaria. Quem convive com o jogador costuma relatar ser grande sua obsessão em ser o melhor.

Sonho de infância e Benzema seduzem Mbappé a tentar o Real Madrid

Jogar no Real Madrid é um sonho de infância de Mbappé. O clube espanhol ainda tem outro trunfo: Karim Benzema, um dos melhores amigos do atacante do PSG no futebol atualmente.

Mbappé e Benzema passaram o período recente de férias juntos em viagens de praia e gostaram da parceria em campo com a seleção francesa em amistosos e disputa da Eurocopa, entre junho e julho.

Isso coloca a possibilidade de o jogador ir atuar em um clube inglês em segundo plano.

Mbappé acredita que não tem mais como melhorar no Campeonato Francês

O nível do Campeonato Francês faz Mbappé acreditar que já chegou ao seu limite no país. O jogador acredita que pode evoluir se jogar o Campeonato Espanhol ou o Campeonato Inglês, o que o colocaria mais perto de vencer a Bola de Ouro.

"França não é o melhor campeonato do mundo, mas sempre soube da minha responsabilidade como jogador emblemático de ajudar a crescer a Ligue 1", disse Mbappé, em entrevista à revista francesa Esquire publicada hoje (24).

Mbappé teme que sair do PSG de graça fará público francês rejeitá-lo

Mbappé avalia que sair do PSG com uma venda milionária é melhor para sua imagem na França do que deixar o clube de graça no ano que vem.

Em Paris, o jogador já sofre com rejeição de parte da torcida do time e foi vaiado no único jogo em casa do time na vitória sobre o Strasbourg, único jogo da equipe em casa até aqui na temporada. Seu receio é de que isso só aumente com o passar do tempo.

Contrato perto do fim com o PSG é trunfo de Mbappé

Mbappé não quer renovar com o PSG, e seu contrato vence em julho do ano que vem. Ele topa atuar ao lado de Messi e Neymar por uma temporada, mas deixaria o clube francês de graça em 2022.

O atacante já recusou mais de uma proposta de renovação do PSG, que ofereceu contrato até 2026. Ele teme ficar impedido de deixar o clube, conhecido por oferecer resistência no mercado da bola. Por isso, há na diretoria parisiense quem defenda vendê-lo agora para não perdê-lo de graça daqui a um ano.