PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

Maratona pré-final serve para Palmeiras ligar alerta com finalizações

Gustavo Scarpa, do Palmeiras, lamenta lance perdido durante partida contra o Vasco da Gama - Ettore Chiereguini/AGIF
Gustavo Scarpa, do Palmeiras, lamenta lance perdido durante partida contra o Vasco da Gama Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

26/01/2021 21h52

Entre os altos e baixos da maratona feita pelo Palmeiras antes da final da Libertadores no próximo sábado, a principal lição que fica para a equipe de Abel Ferreira é de melhorar a qualidade de suas finalizações. No empate de hoje com o Vasco por 1 a 1, o problema se repetiu, com chances claras desperdiçadas por Felipe Melo e Breno Lopes.

O torcedor pode até argumentar que hoje a maior parte do time foi reserva, mas esse é um problema que acontece de forma recorrente mesmo com os titulares. Já havia sido assim contra o Grêmio e contra o Flamengo, quando o Alviverde teve quase força máxima. É até repetitivo com o post feito pelo blog no fim de semana, mas essa é uma deficiência gravíssima.

Abel Ferreira já reconheceu esse problema internamente e externamente. Na sua última coletiva de imprensa, o técnico afirmou que a sequência de gols perdidos é algo que pode custar muito caro em um cenário competitivo, especialmente em partidas de caráter decisivo como será a final única da Libertadores.

Ao mesmo tempo, a maratona também serviu para que o Palmeiras chegasse praticamente com sua força máxima ao Maracanã. Gustavo Gómez e Patrick de Paula, que estavam no departamento médico, já têm totais condições de jogo. Felipe Melo não poderá atuar por 90 minutos, mas certamente será relacionado e pode ser experiência importante na grande decisão.

Os resultados também transformam o sonho de ganhar também o Brasileirão em cada vez mais difícil. Depois de vencer o Corinthians por 4 a 0, os torcedores passaram a apostar também no Nacional, mas com esse resultado o foco ficará mesmo para as copas.