PUBLICIDADE
Topo

Grêmio tem propostas por Pepê e pensa em como segurar herói do Grenal

Pepê carrega a bola durante o Gre-Nal, na Libertadores - Pool/Getty Images
Pepê carrega a bola durante o Gre-Nal, na Libertadores Imagem: Pool/Getty Images
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

24/09/2020 11h36

Principal destaque do Grêmio desde o retorno do futebol, Pepê já chama atenção de clubes da Europa. Além de uma proposta do Wolverhampton, da Inglaterra, o atacante agora virou alvo do Atalanta, da Itália, segundo apurou o blog.

Autor de quatro gols nos últimos cinco jogos que ele esteve em campo, o jogador virou o escape de Renato Gaúcho em uma fase de contestação. Foi dele o gol de ontem (23) que garantiu a vitória por 1 a 0 em cima do Internacional, pela fase de grupo da Libertadores.

O negócio parte de 15 milhões de euros, o que hoje significa mais de R$ 97 milhões. Além disso, o time de Porto Alegre quer ter direito a uma porcentagem em cima de uma venda futura.

Um entrave para a negociação é o prazo para a liberação. As equipes europeias pensam na contratação de Pepê com a saída imediata, mas o Grêmio quer ficar com ele até o término do Brasileirão.

A equipe gaúcha já havia se preparado para o interesse dos europeus e renovou recentemente o contrato do atleta até 2024, com aumento de salário e da multa rescisória.

O atacante virou a principal opção para o setor após a venda de Everton Cebolinha para o Benfica e a reposição é vista como difícil no momento.

Pepê tem passaporte italiano, o que também facilita a negociação com times da Europa. Convocado para o Pré-Olímpico da Colômbia por André Jardine, o gremista ainda é bem cotado para estar na seleção brasileira que vai disputar as Olimpíadas de Tóquio em 2021.

Aos 23 anos, o atleta completou no Grenal de ontem o jogo de número 100 com a camisa do Tricolor, com 22 gols marcados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.